- Publicidade -

Barco venezuelano apreendido pela Marinha na Costa do Amapá

Barco pesqueiro transportava três toneladas de pescado sem licença para atividade, no litoral do Amapá.

Da Redação, com informações da CPAP

O Navio-Patrulha (NPa) Bocaina, subordinado ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Norte, apreendeu nesta quinta-feira (19), o barco pesqueiro “DOM JACINTO”, de bandeira venezuelana, que realizava atividade de pesca ilegal nas Águas Jurisdicionais Brasileiras (AJB). A ação ocorreu durante patrulha naval no litoral do Amapá e em coordenação com o Comando do 4º Distrito Naval e o Centro Integrado de Segurança Marítima.

A embarcação transportava cerca de três toneladas de pescado da espécie pargo sem licença para este tipo de atividade. O meio era conduzido por quinze tripulantes de nacionalidade venezuelana.

“Ao ser avistado, o barco tentou se evadir do local. Entretanto, foi interceptado e inspecionado por militares do Navio, que assumiram o controle da embarcação. Ela será escoltada até o porto de Santana (AP) e apresentada à Capitania dos Portos do Amapá e demais órgãos competentes para que sejam adotadas as medidas cabíveis”, diz a Marinha através de nota enviada à redação do portal ConexãoBrasilia.com pelo setor de comunicação da Capitania dos Porto do Amapá (CPAP).

Ainda segundo a corporação, esta ação reforça a importância da presença dos Navios da Marinha do Brasil na Zona Econômica Exclusiva (ZEE), em parceria com demais órgãos, contribuindo para garantir a soberania da “Amazônia Azul” e coibir ilícitos, como a pesca ilegal não declarada e não regulamentada.

Navio Patrulha

O NPa Bocaina (P-62) inicialmente um Navio Varredor da Royal Navy, navegava com o nome de HMS Spey (M-2013). A sua construção ficou a cargo do estaleiro Richards Ironworks, em Great Yarmouth, Grã-Bretanha. Pertencente a Classe River, foi lançamento ao mar em 22 de maio de 1985, incorporado em 4 de abril de 1986 e dado baixa da Marinha da Inglaterra em 10 de julho de 1998. Adquirido pela Marinha do Brasil, foi incorporado a Armada em 10 de julho de 1998, na Base Naval de Portsmouth, Inglaterra. Tem como missão a inspeção naval, a patrulha naval, a salvaguarda da vida humana no mar, e a fiscalização das águas territoriais brasileiras na área de responsabilidade.

Esta subordinado ao 4º Distrito Naval, e faz parte do Grupamento Naval do Norte (GNN). Atua no litoral dos Estados do Pará, Maranhão, Amapá e também os rios da Amazônia. Tem como porto a Base Naval de Val-de-Cães, que está localizada na cidade de Belém do Pará. Origem do nome O NPa Bocaina (P-62) é a segunda embarcação da Armada a ostentar este nome , uma homenagem a serra, rio e vila do mesmo nome no litoral do estado de São Paulo. O Primeiro navio foi o contratorpedeiro de escolta CTE Bocaina (D-22), que esteve a serviço da Marinha Brasileira entre 1945 e 1975.

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...