GOVERNO JUNTO COM A GENTE INFORME 4

Bancada do Amapá debate garantias a servidores da CEA na privatização

Coordenação da bancada quer garantir o direito à transposição para os quador da União aos trabalhores da antiga estatal amapaense de energia.

Cleber Barbosa, da Redação

Com a consolidação do processo de privatização da Companhia e Eletricidade do Amapá (CEA), as atenções também se voltam para a classe de trabalhadores da estatal. Uma representação dos profissionais procurou a bancada federal em Brasília, sendo recebidos pela coordenadora da bancada, a deputada federal Aline Gurgel (REPUBLICANOS/AP). Uma representação da Assembleia Legislativa do Amapá (ALAP) também integrou a comitiva.

Em uma rede social, Aline Gurgel fez uma avaliação do encontro. “Participei da reunião de trabalho representando a Bancada Federal, onde juntamente com integrantes da ALAP, montamos a comissão que irá acompanhar a transposição dos servidores da CEA para que eles não percam seus direitos e nem percam seus empregos”, disse ela.

Para a parlamentar, a estratégia agora é criar mecanismos para garantir essa opção. “Juntos iremos atuar em Brasília com o Governo Federal pedindo celeridade na análise dos processos, pois estamos em interlocução direta com a Procuradoria do Governo do Amapá e vamos acompanhar a transposição dos servidores tanto para o Governo Federal, quanto para o Governo Estadual”, anunciou a parlamentar amapaense.

Participaram da reunião o procurador-geral do Amapá, Narson Galeno, os deputados estaduais Max da AABB, Paulinho Ramos e Edna Auzier e representantes do sindicato dos trabalhadores da CEA.

Reunião

Registros da mobilização em Brasília para garantir prerrogativas aos servidores da CEA na privatização | Fotos: Divulgação

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...