Aumento epidemiológico do Amapá pode levar estado a retomar rigor e quarentena

Coordenador da SVS vai ao rádio apelar para que a população e especialmente os comerciantes atentem para medidas de prevenção.

Cleber Barbosa, da Redação

O coordenador estadual da Vigilância em Saúde (SVS), Dorinaldo Malafaia, foi ao rádio esta semana falar sobre a elevação do risco epidemiológico do Amapá em levantamento nacional. Falando ao LuizMeloEntrevista, na Diário FM (90,9) ele disse que desde a flexibilização já havia um indicativo que se refletiu agora com o aumento dos casos de internação.

A própria exposição maior da população, aliada a certo negligenciamento a regras estabelecidas pelas autoridades médicas e sanitárias, contribuiu decisivamente para a volta de mais contaminações pelo Covid-19.

A tabela que nós avaliamos dos últimos sete dias, já apresenta essa modificação na faixa de risco do estado, nós temos alguns elementos que infelizmente contribuem para isso. Primeiro a taxa de reprodução viral, pois saímos de 0,8% para 0,9%, como temos um limite que é de 1%, que se atingido já entramos em alerta”, disse ele.

Ainda de acordo com declarações do representante do estado, o segundo quesito é o fato das crianças serem mais atingidas, também reflexo direto da flexibilização da quarentena, quando as famílias passaram a levar as crianças a determinados lugares públicos, como supermercados, parques e até balneários.

Dorinaldo Malafaia disse ainda que na próxima sexta-feira, dia 28, haverá uma reunião do comitê estadual de enfrentamento à pandemia, sob a coordenação do próprio governador do estado, com tendência de que o poder público possa enrijecer as medidas novamente, como também aumentar a fiscalização.

“Mas a população também precisa colaborar mais, inclusive fica um alerta para os comerciantes que estiverem flexibilizando as medidas, cobrando o uso de máscaras e evitando aglomerações, tanto que poderemos adotar medidas mais impositivas como até o fechamento do comércio, infelizmente”, completou.

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...