Gove Header

Cozinha Comunitária entra na fase de capacitação de pessoas em vulnerabilidade

O Programa Cozinha Comunitária chegou nesta semana ao seu terceiro mês de execução, tendo distribuído quase 10 mil refeições divididas em cafés da manhã regionalizados e marmitas de sopa.

Da Redação

Através de uma parceria dos Programas Cozinha Comunitária e Criança Feliz, foi dado início nesta segunda-feira, 2, a uma série de capacitações, na ocasião foi realizada uma palestra de reaproveitamento de alimentos com Kathlen Becker, nutricionista voluntária.

Os participantes foram escolhidos após estudo social do Cozinha Comunitária nas residências das famílias em vulnerabilidade, além dessas pessoas, também participaram mães que fazem parte do Programa Criança Feliz.

“O curso ajuda muito, eu aprendi a fazer o suco da casca do abacaxi, a nutricionista me atendeu super bem e vai continuar fazendo o acompanhamento. Nós somos mães e precisamos está aproveitando a sobra de alimentos que muitas vezes jogamos fora e a gente aprendeu tudo isso aqui.” Afirmou Maricilma Neves, usuária do Criança Feliz.

O Programa Cozinha Comunitária chegou nesta semana ao seu terceiro mês de execução, tendo distribuído quase 10 mil refeições divididas em cafés da manhã regionalizados e marmitas de sopa. A nova fase do projeto busca capacitar as pessoas que recebem essas refeições, para assim, gerar emprego e renda, tirando essas famílias da vulnerabilidade social.

Priscilla Azevedo, Secretária Municipal de Assistência Social, ressalta como esse tipo de ação pode mudar a vida dessas famílias. “Colocamos inicialmente apenas 12 pessoas para fazer o curso, respeitando todos os protocolos de saúde relacionados a Covid-19, mas logo iremos abranger para um público maior, temos certeza que dando educação e oportunidades, essas famílias vão evoluir e conseguir empregos e renda.”

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...