Gove Header

Após encontro com prefeito Furlan, vereador anuncia “oposição responsável”

Claudiomar Rosa, do AVANTE, foi secretário da gestão de Clécio, mas promete apoiar todas as matérias que forem de interesse da sociedade na nova gestão.

Cleber Barbosa, da Redação

O vereador Claudiomar Rosa (AVANTE) foi ao rádio nesta segunda-feira (25) anunciar que vaio formar no time da oposição ao novo prefeito de Macapá, Antônio Furlan (CIDADANIA). Mas será uma “oposição responsável” segundo declarou o parlamentar em entrevista ao programa Café com Notícia, na Diário FM (90,9).

Com passagens marcantes em secretarias estratégias da Prefeitura de Macapá na gestão anterior, como manutenção urbanística e iluminação pública, Claudiomar Rosa também foi chefe de gabinete de Clécio quando ele era vereador da capital.

Ele explicou como pretende fazer esse contraponto.

“Iremos fazer uma oposição responsável, não é um clichê, e sim votar muitas vezes em projetos da prefeitura pensando no povo, priorizando o povo, como por exemplo, vacinar os vermelhinhos, coveiros e demais trabalhadores da área da limpeza”, diz o novo vereador.

Mas ele também já aponta alguns problemas que acabaram ensejando o pedido de audiência com Furlan. “A gente entende que a transição foi rápida e ele precisou montar uma equipe muito rápido. Muitos assessores do governo Clécio foram exonerados no dia 1° [de janeiro] retroativo e trabalharam até dia 13 sem receber. E é preciso fazer justiça”, diz o parlamentar.

Claudiomar também avalia entender que há muitas dificuldades na organização ainda. “Mas não podemos cobrar de forma desesperada, vamos esperar 100 dias para essa avaliação. Acho que tem uma tentativa de formar uma equipe, e essa é a dificuldade”, diz o ex-secretário municipal e atual vereador, Claudiomar Rosa.

Homenagem

Ele também anunciou uma de suas ações no mandato, que será instalada em sua própria residência. “Vamos fazer um centro de formação político-cultural e tratar de políticas para o combate à violência contra mulher, com oficinas, trabalhos de roda de conversa, receber artistas e demais atividades”, anunciou Claudiomar Rosa sobre o projeto Centro de formação Illan do Laguinho – uma homenagem a Illan Rosa da Silva, que faleceu em 2015, com uma grande obra no meio artístico, era músico, cantor e compositor, tendo participações em vários festivais de música no Amapá e projetado o samba local para além dos limites territoriais do estado.

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...