Residencial Barcelona

Amapá vai receber respiradores hospitalares e vacinas enviados de Brasília

Aeronaves das Forças Armadas iniciam nesta segunda-feira o transporte de equipamentos hospitalares e medicamentos para combate ao Covid-19.

Cleber Barbosa, da Redação

O Ministério da Defesa, em ação coordenada com o Ministério da Saúde e com o apoio da Confederação Nacional da Indústria (CNI), inicia nesta segunda-feira (06) o transporte de equipamentos e medicamentos para auxiliar no combate ao novo coronavírus. O Amapá está incluído na programação das entregas e a primeira remessa está programa para a noite de hoje.

Na missão, que faz parte da Operação COVID-19, uma aeronave VC-99 da Força Aérea Brasileira (FAB) transportará 18 respiradores hospitalares para serem reparados no Centro de Inovação e Tecnologia do SENAI-FIEMG (Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais), em Belo Horizonte (MG), além de 2.800 doses de vacinas da CNI para Palmas (TO) e Macapá (AP).

A ação foi viabilizada por meio da parceria entre o Ministério da Defesa e a Base Industrial de Defesa (BID), que vem buscando novas alternativas nacionais para o combate ao novo coronavirus.
A decolagem de Brasília com destino a Palmas (TO) estava prevista para 16 horas – horário de Brasília – desta segunda-feira (06), com chegada prevista para 17 horas. Já a saída de Palmas estava prevista para 18 horas, com pouso previsto em Macapá (AP) às 19h45 – também pelo horário de Brasília.

O último trecho da missão, com a chegada em Belo Horizonte (MG), estima o pouso às 00h da terça-feira (07).
A aeronave VC-99 utilizada pertence ao Grupo de Transporte Especial (GTE) e, para atender as demandas da Operação Covid-19, foi adaptada para transportar até 4.000 kg de carga.

Publicidade (x)

SebraeHeader01
você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...