- Publicidade -

Amapá recebe 55.100 doses de vacinas contra a covid-19 em uma semana

Destas, 2.800 são doses de Janssen, o que possibilitará ao Estado iniciar a dose de reforço (D2) deste público.

Da Redação

O Governo do Amapá recebeu, ao longo desta semana, 55.100 novas doses de vacinas contra a covid-19. São 2.800 doses do imunizante da Janssen, 5.500 m da AstraZeneca e 46.800 da Pfizer.

Muito aguardada pela população que já tomou a primeira dose, a Janssen será utilizada na segunda dose (D2) do público. Essa decisão foi tomada pelo Ministério da Saúde como nova estratégia para reforçar a imunização da população.

LEIA MAIS: Governo orienta municípios sobre a aplicação da segunda dose da vacina Janssen

SAIBA MAIS: Varredura Vacinal: Nova edição aplicará a 2ª dose contra a covid-19

odas as vacinas serão armazenadas na Unidade de Imunobiológico da Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS) para serem distribuídas aos 16 municípios.

“Recebemos uma boa quantidade de vacinas durante esta semana, isso nos garante que a imunização não pare e nos dá a segurança de continuar combatendo a pandemia no Amapá”, disse o superintendente da SVS, Dorinaldo Malafaia.

Vacinação

O Governo do Amapá já distribuiu 1.232.021 doses de vacinas contra a covid-19 para os 16 municípios. Destas, foram aplicadas 861.258 doses.
No Amapá, a população vacinável é de 569.316 pessoas. Deste total, até o momento, 89,22% receberam a primeira dose da vacina; e 62,05% foram imunizadas com a 2ª dose, 3ª dose e dose única.

Varredura contra a covid-19

As equipes de vacinação do Estado, em parceria com a Organização Panamericana de Saúde (Opas), buscam de casa em casa por pessoas para iniciar e completar o ciclo de imunização, em uma estratégia de 12 dias de duração.

SAIBA MAIS: Varredura Vacinal: Nova edição aplicará a 2ª dose contra a covid-19

O superintendente Dorinaldo detalhou as próximas fases estratégicas da SVS para a varredura contra a covid-19.

“A estratégia é fortalecer a busca ativa e levar as equipes de vacinação para as instituições da Segurança Pública, para atender também beneficiários de programas estaduais da juventude e de distribuição de renda, assim ampliando a nossa cobertura vacinal em direção à meta de imunização completa, que é de 80%”, explicou Malafaia.

O superintendente ainda ressaltou que as vacinas seguem amplamente disponibilizadas nos postos de vacinação dos municípios para a livre demanda da população, sendo todas comprovadas eficazes contra o vírus.

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...