Gove Header

Amapá entra em ‘Lockdown’ a partir da próxima quinta-feira, diz Waldez

Anúncio foi feito na manhã desta terça-feira (16) pelo governador do Amapá, Waldez Góes. Lockdown entra em vigor a partir das 6h da manhã de quinta-feira, dia 18 e valerá por sete dias.

Do Portal Diário

O governador do Amapá, Waldez Góes, anunciou durante entrevista coletiva de imprensa no Palácio do Setentrião, que o Amapá terá lockdown, por sete dias, a partir das 6h da manhã de quinta-feira (18). O novo decreto, assinado na manhã desta terça-feira (16), estende as medidas restritivas anteriores [por mais dois dias] e estabelece o início do sistema de lockdown, que desta vez não terá rodízio de veículos.

Na última segunda-feira houve diálogo com o setor comercial e empresarial do estado, e, após avaliações, foi definido que o Amapá entra em lockdown a partir desta quinta-feira.

“Apesar de estarmos vivenciando novamente uma fase crítica, existe diferença entre os contextos do ano passado e agora. Ano passado a pandemia era por região, começando no sul e sudeste, e o Amapá foi um dos últimos a ser acometido. Hoje, com a nova cepa a partir do Amazonas, tem uma situação diferente. Antes os estados conseguiam se ajudar, mas atualmente não está sendo possível. Todo o país passa por uma situação delicada, ao mesmo tempo”, falou Waldez Góes.

Segundo Waldez, o novo decreto com medidas restritivas de combate à Covid-19 está baseado nos dados epidemiológicos alarmantes apresentados pelo Centro de Operações em Emergência e Saúde Pública (Coesp) estadual. Todo o Amapá está na faixa de risco alto, mas os municípios de Macapá, Santana e Vitória do Jari estão na cor roxa, com  risco muito alto.

Tendo como referência a semana epidemiológica 8, na semana 10 o estado teve aumento de 82% na média de óbitos por dia, saindo da taxa de 1,57 e indo para 2,86. Nos últimos dias as Unidades Básicas de Saúde (UBS) também tiveram maior procura por atendimento, com alta de 84%. O que chama atenção nesses dados é que os jovens são o ‘público-alvo’ do vírus neste momento.

Devemos chamar atenção dos jovens, temos uma mudança agora no perfil das pessoas internadas e que vão a óbito. Lógico que existe uma relação com a vacinação dos idosos, o que ajuda a evitar o agravamento desse público, mas os jovens estão se expondo demais e a gente percebe a crescente de casos entre eles. Então, não existe mais aquele discurso de que essas pessoas são apenas transmissoras e assintomáticas, esse público é acometido na forma grave e corre risco de ter a vida ceifada, sim”, alertou o governador.

Até que não se inicie o lockdown, que vai durar até quarta-feira (24), vigoram as medidas que estavam decretadas no fim de semana: suspensão das atividades não essenciais, Lei Seca, limitação de horários, entre outras.

Em até 15 dias, o estado prevê a implantação de 60 leitos no Centro Covid HU, entre UTI e Clínico, para atender a demanda de pacientes. Para  tentar equilibrar a economia, o Amapá lançará um novo pacote econômico, que abrange um novo Refis, prorrogação do prazo do pagamento do IPVA e outras medidas que serão detalhadas posteriormente pelo governador.

Internação

De acordo com o Portal Corona Amapá, até esta terça (16) cerca de 92% dos leitos públicos de UTI adulto estavam ocupados, e 94% dos leitos de UTI adulto da rede privada também já estão em uso. Os leitos clínicos para adultos também se aproximam da lotação: na rede pública, esse número está em 93%, enquanto a rede privada tem a taxa de 98%.

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...