Gove Header

Advogado diz que maior legado da pandemia será a prática da solidariedade

Jorge Anaice diz em entrevista no rádio que a OAB/AP vem garantindo assistência social aos advogados que ficaram sem poder trabalhar na guerra contra o Covid-19.

Cleber Barbosa, da Redação

O presidente da Caixa de Assistência dos Advogados, Jorge Anaice, falou sobre essa ação da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/AP) aos profissionais do direito durante a pandemia. Em entrevista ao programa Togas&Becas, da Diário FM (90,9) ele disse que por anos o mundo viveu o medo de uma terceira guerra mundial entre as nações mais poderosas, quando na verdade o que está ocorrendo é uma guerra química, onde o maior legado será a solidariedade e as armas mais poderosas a água, sabão, máscara e isolamento.

Ele diz que nesse contexto entra a Caixa de Assistência dos Advogados, braço solidário da OAB. “A primeira providência da nossa entidade foi suspender o pagamento da taxa de adesão da nossa Caixa, passando com o apoio de Brasília a dar auxílio financeiro aos advogados que contraíssem o Covid – R$ 1 mil – passando também a dar auxílio financeiro na forma de voucher e cesta básicas para aqueles advogados em situação de vulnerabilidade econômica”, disse.

Foram atendidos, segundo o representante da OAB/AP, mais de 2,5 mil profissionais da advocacia, que deram diversas manifestações de agradecimento pelo gesto de humanidade da Caixa de Assistência.

Também foi realizada uma ação de vacinação contra gripe em Macapá e Santana para a grande maioria dos advogados, bem como a distribuição dos kits básicos de higienização. “Que são a grande arma na verdade no combate a esse vírus, um ato simbólico, singelo até, mas que pode salvar uma vida, uma máscara fazer isso, um álcool gel pode salvar uma vida na medida em que pode inibir ou impedir a contaminação das pessoas”, completou.

A entidade ainda adotou outras medidas, mesmo que remotamente, como a utilização de plataformas digitais para prestar orientações e atendimentos aos advogados assistidos pela Ordem.

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...