Residencial Barcelona

Mobilização política marca os 10 anos do programa da agricultura familiar

Por: Gabriel Dias | Fotos: Maksuel Martins

Agricultora no assentamento Padre Josino, na zona rural de Macapá, Gecimar Chagas acompanhou na manhã desta sexta-feira, 12, a entrega de 23 novos caminhões que vão auxiliar no escoamento dos produtos e aquisição de insumos por trabalhadores atendidos pelo Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

“Com o dinheiro do PAA, eu consegui formar minha filha, que hoje é pedagoga, além de garantir o sustento da minha família durante esses anos”, comemorou a agricultora.

Gecimar é beneficiária do programa desde a sua criação, há dez anos. Ela e todos os demais agricultores atendidos pelo PAA, nos 16 municípios amapaenses, vão poder contar com os novos veículos.

Os 23 caminhões foram entregues pelo Governo do Amapá e Ministério da Cidadania, durante cerimônia no Parque de Exposições da Fazendinha, em Macapá. Na ocasião, também foram comemorados os 10 anos do PAA no estado.

Os novos veículos foram adquiridos por meio do convênio federal no valor de R$ 8,2 milhões, com contrapartida do governo estadual, de R$ 765,3 mil. Até o ano passado, 83,74 % desse recurso foram executados na aquisição de três embarcações, 13 caminhões de grande porte, quatro picapes cabine dupla, 18 balanças de 300 quilos, 18 balanças de 30 quilos, 100 pallets, 200 monoblocos e 160 caixas térmicas.

Os 23 caminhões entregues nesta sexta-feira foram adquiridos com recursos na ordem de R$ 4.029.921,82, executados pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural (SDR).

O governador do Amapá, Waldez Góes, lembrou que só em 2018 foram atendidas mais de 50 mil pessoas, quase 300 entidades e 1,2 mil produtores. Segundo ele, a expectativa do Estado é ampliar esses números nos próximos anos.

“Agora, com esses 23 caminhões e mais os recursos disponíveis, nós pretendemos ampliar esse atendimento, e, com isso, fazer com que a agricultura familiar se fortaleça cada vez mais”, falou o governador.

Presente na cerimônia, o ministro da Cidadania, Osmar Terra, aproveitou a ocasião para anunciar que o programa deverá ser ampliado, com a aquisição de alimentos por órgãos federais.

“Os órgãos federais não vão mais fazer grandes licitações para aquisição de alimentos. As universidades, as escolas técnicas e os quartéis vão comprar direto dos pequenos produtores”, afirmou o ministro.

O secretário de Inclusão Social e Produtiva Rural da Secretaria Especial do Desenvolvimento Social do Ministério da Cidadania, José Roberto Calvalcante, garantiu ainda mais R$ 25 milhões de fomento para pequenos produtores.

“Queremos que o pequeno produtor se mantenha na sua propriedade e melhore sua qualidade de vida”, ressaltou.

O prefeito de Amapá, Carlos Sampaio, disse que 67% da produção familiar dos municípios já são adquiridos pelo PAA, e que a entrega dos veículos vai fortalecer ainda mais essa atividade econômica.

“Esses veículos vão facilitar não apenas o escoamento dos produtos, mas, também, a aquisição de insumos para a produção. A expectativa é de que esse setor seja ainda mais fortalecido nos municípios”, frisou.

Além dos 16 prefeitos amapaenses, participaram da cerimônia o presidente do Congresso Nacional, senador Davi Alcolumbre, os senadores Lucas Barreto e Randolfe Rodrigues, o vice-governador do Amapá, Jaime Nunes, a deputada estadual Marília Góes, a deputada estadual Edna Auzier, a secretária de Estado de Inclusão e Mobilização Social, Albanize Colares, de Estado do Desenvolvimento Rural, Daniel Montagner, e o secretário de Desenvolvimento das Cidades, Antônio Teles Júnior.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...