Residencial Barcelona

Ex presidente Michel Temer é preso pela Operação Lava Jato do Rio

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (21) a Operação Descontaminação e cumpriu 8 mandados de prisão preventiva, 2 mandados de prisão temporária e 26 mandados de busca e apreensão, nos Estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Paraná e no DF. Os mandados foram expedidos pela 7° Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro. Entre as pessoas presas, estão o ex presidente da República Michel Temer, e o ex ministro da Secretaria da Aviação Civil, Moreira Franco, que também foi governador do Rio de Janeiro.

A investigação decorre de elementos colhidos nas Operações Radioatividade, Pripyat e Irmandade, deflagradas pela PF anteriormente e, notadamente, em razão de colaboração premiada firmada pela Polícia Federal.

Está sendo concedida entrevista coletiva hoje, na Superintendência da Polícia Federal no Rio de Janeiro, situada na Av. Rodrigues Alves 01, na Praça Mauá.

“Barbaridade”

‘É uma barbaridade’, disse Temer por telefone ao jornalista Kennedy Alencar, que telefonou para ele no exato momento em que a notícia de sua prisão ganhava as redes. Kennedy Alencar disse que telefonou para Temer, que atendeu, e disse que estava na companhia de policiais federais. Temer disse ao jornalista que era um mandado de prisão preventiva assinado pelo juiz Marcelo Bretas, do Rio de Janeiro, e que estava indo para o Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. Kennedy Alencar ressalta que o impacto da prisão é forte. São dois ex-presidentes da República presos.

 

 

você pode gostar também
Comentários
Carregando...