PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
Matrículas abertas para Macapá!

sexta-feira, 2 de março de 2018

SEGURANÇA | Presidente Temer reúne os governadores e propõe reequipar polícias

Em reunião com governadores e parlamentares nesta quinta-feira (1º), o presidente da República, Michel Temer, anunciou a liberação de R$ 42 bilhões até 2022 para reforçar a segurança pública em todo Brasil. O dinheiro virá do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), com contrapartida por parte dos estados.
Da parte do BNDES, estarão à disposição R$ 33,6 bilhões - o restante será investido pelos governos estaduais. Ou seja, a cada ano, os estados deverão cumprir uma contrapartida de 20% em investimento próprio. Para 2018, a previsão é da aplicação de R$ 5 bilhões em segurança pública. Do total, R$ 4 bilhões virão da instituição de fomento.

Como o dinheiro será investido?

O anúncio do crédito faz parte de um conjunto de medidas tomadas pelo Governo do Brasil em reduzir a criminalidade no País e garantir a segurança dos cidadãos. De acordo com o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, os recursos poderão ser usados em máquinas, equipamentos e tecnologia para reequipar as polícias estaduais. Os financiamentos ainda precisam passar pela aprovação da diretoria do BNDES.

Atuação pela segurança

Nas últimas semanas, um decreto presidencial determinou intervenção federal na área de segurança pública do estado do Rio de Janeiro, decisão posteriormente avalizada pelo Congresso Nacional.
Ao mesmo tempo, o presidente Temer criou o Ministério Extraordinário da Segurança Pública, comandado pelo ministro Raul Jungmann, anteriormente à frente do Ministério da Defesa. O objetivo da nova pasta é traçar ações e diretrizes para fortalecer a segurança pública no território brasileiro.


Nenhum comentário:

Postar um comentário