PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
*Divulgação da atividade parlamentar (Ato da Mesa 43/2009).

sábado, 24 de março de 2018

OPINIÃO | Notas da coluna ARGUMENTOS, sexta-feira, dia 23 de março de 2018.


Esporte

O deputado Roberto Góes, que também preside a Federação de Futebol, está na Rússia compondo a delegação da seleção brasileira que enfrenta o selecionado local nesta sexta-feira. De lá, fez reflexões sobre como o esporte eleva a autoestima do brasileiro.

Post

Em nossa página homônima ao programa de rádio, está reportagem com ele. De fato, em períodos igualmente difíceis, como os anos 90, só ídolos do esporte tipo Senna para aliviar a dor. (conexaobrasilia.com)

Candidatos

Waldez anunciou ontem mais mexidas em seu secretariado, por conta de comprir a tal ‘desincompatibilização’ prevista na lei eleitoral. Jorge Amanajás e Jorge Souza, da Setrap e Secult, respectivamente.

Orador

Já o ex xerife da Segurança Pública, Ericlaudio Alencar, volta ao Parlamento só que meio ‘contundido’. Um problema nas cordas vocais que está tratando para não deixar de ocupar a tribuna, é claro.

Silente

Aliás, do time de Waldez que deixou o cargo nesse período o único que não confirma ser candidato é Viterbino, ex Agência Amapá. Eleitor de Bolsonaro, poderia virar parlamentar dizem. Ele nega.

No QG
Foto histórica do encontro da classe empresarial com o primeiro comandante da Brigada de Infantaria de Selva instalada este ano no Amapá. O general Viana Filho e lideranças como Jaime Nunes (ACIA), Eliezir Viterbino (Fecomércio), João Alvarenga (Sebrae), Ladislau Monte, Edevaldo Xavier, Gil Marra, entre muitos outros.

Exército

Empresários e lideranças de classe das diversas entidades do comércio e da indústria tiveram uma tarde bem diferente ontem, na Sede da 22ª Brigada de Infantaria de Selva, em Macapá. Foram assisir palestra proferida pelo novo personagem da sociedade local, o general Viana Filho, o primeiro comandante.

Leveza

E foi um encontro para literalmente ‘quebrar o gelo’, tanto que o próprio militar abriu sua fala dizendo ter mandado fechar os portões do quartel. “Mas não é para prender vocês, mas para que nunca mais saiam daqui, no sentido de dialogar sempre conosco”, disse, descontraído, o general, que é piauiense.

Informação

Mas foi muito produtivo o encontro, segundo relatos de empreendedores ouvidos pela coluna. “Não sabia que tinha tanta coisa sobre a vinda dessa Brigada para o Amapá, gente, fiquei impressionada”, disse a nova presidente da Abav-AP, Socorro Pereira, ao final do evento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário