PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
*Divulgação da atividade parlamentar (Ato da Mesa 43/2009).

quinta-feira, 22 de março de 2018

Jozi Araújo anuncia extensão da Universidade Federal Rural da Amazônia ao Amapá

Deputada federal Josy Araújo (PODE-AP)
Diário Online

A deputada federal Jozi Araújo, presidente nacional do Podemos Mulher, anunciou no início da noite desta quarta-feira, 21, que a Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra) será estendida ao Amapá. Jozi explicou que a extensão será possível com a emenda parlamentar de R$ 5,3 milhões que ela conseguiu emplacar a favor da Ufra, que tem base em Belém do Pará. “Fui incompreendida por alguém que aqui no Amapá deturpou a finalidade de minha emenda, dizendo que eu estaria beneficiando o estado vizinho, ao não contemplar as universidades amapaenses com recursos”, lamentou a deputada.
Jozi Araújo esclareceu que a emenda é determinada para que a Universidade Federal Rural da Amazônia também atue no Amapá em parceria com o próprio governo, universidades e até com a iniciativa privada, uma vez que a instituição ensina não apenas estudantes que passam do Ensino Médio, mas também até quem não sabe escrever, já que profissionaliza gente que trabalha ou que aprender atividades com produtos amazônicos, a exemplo do açaí, camarão, peixe e a própria agricultura, que é o forte da Ufra. “Infelizmente, a pessoa que soltou a notícia errônea sobre minha emenda parlamentar prestou uma desinformação, pois, como se vê, a verdade é justamente o contrário.

Qualificação
O Amapá vive um momento de ingresso no agronegócio em sua economia, e nada melhor do que termos, aqui, uma instituição como a Universidade Federal Rural da Amazônia”, atuante desde a década dos anos 1950. A deputada Jozi vislumbra que com a profissionalização formada pela Ufra, o estado do Amapá poderá respirar melhor em termos de emprego e renda, reduzindo, assim, a criminalidade, o uso de drogas, a destruição da família em razão das desigualdades sociais. E mais: a contenção do êxodo rural. A parlamentar observa que Macapá possui em torno de 70% de toda a população do estado, uma amarga realidade provocada pela falta de oportunidades ao homem do campo.
A deputada explica que a Ufra também atua nas áreas tecnológicas e do empreendedorismo, contemplando especialmente os moradores urbanos. “Sem dúvida, o Amapá, com esse novo nicho de conhecimento, dará um salto muito grande em seu índice de desenvolvimento humano e social”, ilustra Jozi. Ainda sobre a desinformação de que a emenda parlamentar contemplaria a Ufra, isentando o Amapá de seus benefícios, a deputada Jozi mostrou que a sua preocupação com o conhecimento é tão séria, que antes já carreara recursos para a Ueap, no valor de R$ 687 mil, e mais R$ 150 mil, essa importância destinada ao Instituto Federal do Amapá (Ifap).
Além disso, a parlamentar defendeu emenda de bancada, a favor da Unifap, no montante de R$ 60 milhões. Jozi concluiu dizendo o seguinte: “A formação acadêmica, claro que ilustra muito bem quem dela se beneficia, no entanto, vivemos um problema que é muito maior do que o enfrentado com a nossa sáude; esse problema é o desemprego; só consegue melhor colocação no mercado de trabalho, aquele que se profissionaliza. E só iremos reduzir essa desigualdade social, dando oportunidade ao povo amapaense com a capacitação profissional para ele ter emprego e renda”.


Nenhum comentário:

Postar um comentário