PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
*Divulgação da atividade parlamentar (Ato da Mesa 43/2009).

domingo, 25 de fevereiro de 2018

OPINIÃO | Notas da coluna ARGUMENTOS, domingo, dia 15 de fevereiro de 2018.

Imprensa

Relatório sobre violações à liberdade de expressão no Brasil registra que em 2017 foram registrados 82 casos de violência não-letal contra a imprensa, que envolveram 116 profissionais e veículos de comunicação, além do assassinato de um jornalista.

Queda

A Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e TV (ABERT) diz que em relação ao ano de 2016, houve redução de 50% no número de assassinatos e 52,32% nos casos de violência não-letal. Menos mal!

Eleições

O PPS sai na frente e bate o martelo sobre seus principais nomes para as eleições deste ano. Em assembleia, a legenda homologou alguns de seus principais quadros para ir em busca de votos e alianças para o pleito.

Quadros

Entre os nomes confirmados, estão o do ex deputado Jorge Amanajás para senador; Alan Salles para deputado federal; O ex prefeito Robson Rocha a estadual e o empresário Josmar Chaves para vice de Waldez.

Cobiça

No Setentrião não se viu nenhuma manifestação oficial a respeito da decisão do PPS de reivincicar compor a chapa de reeleição do atual governador. Uma fonte palaciana, entretanto, despistou: “Todos querem”.

Fake News
Esta foto ganhou força na internet durante a semana depois que o governo federal decretou intervenção na área da segurança pública no Rio de Janeiro, o que fez com que as Forças Armadas assumissem a responsabilidade do comando das Polícias Civil e Militar no estado. Mas ela não é de agora, é de 1994, do jornal O Globo.

A foto

A imagem, que circula nas redes sociais, mostra militares armados revistando crianças pequenas que vestem uniforme escolar. Junto a ela a seguinte legenda: “Isso não pode ser real, é surreal. A pior imagem que você vai ver hoje. O exército brasileiro humilhando crianças” Foram milhares de ‘likes’.

Registro

A foto, no entanto, é de 1994. De autoria da fotógrafa Márcia Foletto, foi capa do jornal O Globo em 23 de novembro daquele ano. As crianças foram fotografadas em uma das entradas da favela Santa Marta, em Botafogo e chegaram a dar entrevistas ao jornal, manifestando entender a necessidade da revista.

Resignação

No dia seguinte à publicação da foto, o jornal fez uma reportagem com alguns dos meninos identificados na imagem. Carlos Alexandre, 11, disse que já havia sido revistado, pela Polícia Militar. “Melhor ser revistado pelo Exército que pela PM. Os policiais dão cascudo na gente”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário