PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
*Divulgação da atividade parlamentar (Ato da Mesa 43/2009).

domingo, 11 de fevereiro de 2018

OPINIÃO | Notas da coluna ARGUMENTOS, sábado, dia 10 de fevereiro de 2018.


Toques

O Carnaval começa, muita festa, animação, alegria e descontração, claro. Mas a folia desse ano também traz muitas reflexões e trabalhos institucionais visando as mudanças comportamentais que a sociedade tanto reclama. Uma delas tem a ver com o assédio sexual.

Ação

O Governo do Estado adere à campanha nacional “Não é Não! Carnaval sem Assédio”. E a Secretaria de Políticas para as Mulheres preparou ação durante as programações de carnaval de Macapá e Santana.

Olhar

A ação tem o apoio do Tribunal de Justiça e vai produzir três mil tatuagens com a frase “Não é Não!”, para distribuir em blitzes volantes. A ação contará com equipes dos Centros de Atendimento Cram e Camuf.

Alunos

Fantasiados e dispostos a aproveitarem danças e brincadeiras, alunos da Escola do SESI, participaram de mais uma edição do Carna SESI. A tradicional festa de carnaval reuniu estudantes da Educação Infantil.

Sorte

No último sorteio da Mega-Semana de Carnaval, o concurso 2.013 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 70 milhões neste sábado. O sorteio será realizado no Caminhão da Sorte bem ali em Santana.

Folia
Tem mensagem de cunho social também no Bloco do Abel, esse rapaz de barba muito bem acompanhado da foto. A inclusão, como também a difusão de informações sobre o autismo estão na mobilização que o bloco de Carnaval que leva seu nome trabalha este ano. Esse registro foi de audiência no Parlamento Estadual, esta semana.

Rios

Comunidades atingidas por problemas decorrentes do funcionamento das usinas hidrelétricas Cachoeira Caldeirão e Ferreira Gomes Energia foram ouvidas durante a semana pelo procurador da República Joaquim Cabral. As visitas são fruto de compromisso firmado pelo membro do MPF.

Oitivas

Em dois dias (6 e 7), foram ouvidos pescadores artesanais, agroextrativistas da Associação Bom Sucesso e assentados do Manoel Jacinto, em Porto Grande, e ribeirinhos das comunidades Paredão e Caldeirão, em Ferreira Gomes. O MPF tem esse trabalho com os ribeirinhos e assentados, desde o fim do ano passado.

Natureza

Em Porto Grande, assentados, agroextrativistas, ribeirinhos e moradores da cidade relataram degradação do meio ambiente e comprometimento da qualidade da água que consomem. Segundo eles, as inundações no período de chuvas – agravadas pela existência da barragem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário