PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
*Divulgação da atividade parlamentar (Ato da Mesa 43/2009).

domingo, 10 de dezembro de 2017

OPINIÃO | Notas da coluna ARGUMENTOS, domingo, dia 10 de dezembro de 2017.

Afro

A Seafro confirma para os dias 29, 30 e 31 a segunda edição da Virada Afro, evento cultural voltado a difundir valores e reflexões sobre igualdade racial. Será na orla de Macapá e com a coincidência da data será, de fato, também um Revéillon Afro!

Pasta

Secretária Núbia Souza, de Políticas para os Afrodescendentes, diz que paralelamente a toda a mobilização pela causa, o evento também será voltado ao empreendedorismo afro. Mais interessante ainda.

Negócios

Olha esse dado fornecido por ela. “Temos hoje no Amapá afirmados como afrodescendentes 80% e as estatísticas também apontam que são eles quem mais empreendem, daí o destaque a esse viez no evento”.

Substituto

Quem esteve no rádio ontem foi o comandante do 34º BIS, coronel Robson Mattos. Ele anunciou o nome de seu substituto, tenente-coronel Gelson de Souza; passagem de comando será no dia 12 de janeiro, às 10 horas.

General

O militar também confirmou o nome do futuro comandante da Brigada da Foz, oficialmente 22ª Brigada de Infantaria de Selva. Será o general Viana Filho, que assume o posto dia 26 de janeiro, em Macapá.

Agro em feira
Olha aí o Parque de Exposição João Pompilho, no município de Amapá, interior do estado. Foi lá a abertura ontem da 29ª Expofeira Agropesc e a 10ª Festa do Leite, no município de Amapá. É a segunda maior feira de negócios agropecuários do Amapá. Eventos ocorrerão, no período de 9 a 16 deste mês. Imperdível, claro!

Mandato

Quem também foi ao rádio ontem foi o deputado federal Marcos Reátegui (PSD-AP). Foi fazer uma espécie de prestação de contas do ano, dando destaque às emendas parlamentares para a saúde, empreendedorismo e também à Virada Afro, uma estratégia de inclusão, mobilização e cultura.

Internet

O parlamentar também anunciou um arrojado projeto que apóia, voltado a dotar os municípios do estado de internet de alta velocidade. Trata-se do projeto Cidade Digital, tocado pelos ministérios da Defesa e o da Ciência e Tecnologia. Isso mesmo, terá fins militares, mas também educacionais e tecnológicos.

Educação 

Essa iniciativa está sendo viabilizado a partir de um novo satélite brasileiro e tem por objeto explorar a chamada Banda KA e a Banda X, que também vai proporcionar a qualificação dos jovens brasileiros atravéns do EAD (Educação à Distância) previsto para junho de 2018.

Nenhum comentário:

Postar um comentário