PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
Matrículas abertas para Macapá!

sábado, 25 de novembro de 2017

BNDES apresenta linhas de crédito para micro e pequenos empreendedores do Amapá

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Paulo Rabello Castro, veio a Macapá nesta sexta-feira (24), para apresentar e esclarecer dúvidas sobre o acesso a linhas de crédito da instituição para micro e pequenos investidores, e prefeitos amapaenses. O encontro denominado “Vamos Desenvolver o Amapá?”, foi articulado pelo senador Davi Alcolumbre (Democratas-AP), em parceria com o banco. A finalidade foi reunir toda a sociedade produtora, comerciante e industrial do estado, buscando aproximar esses investidores da instituição financeira.
“O acesso para pequenos municípios precisa melhorar, e o BNDES quer falar mais diretamente com esses municípios de pequeno porte”, falou o presidente do banco. Ele mencionou que, assim como o Brasil, as regiões precisam sair do atoleiro da crise. “Estamos estudando para que em nível nacional, o Governo Federal  e o senador Davi  possam, em poucos meses, transformar essas linhas indiretas em linhas online, via internet, com a aproximação do banco aos municípios”, acrescentou Rabello Castro.
Para o senador Davi Alcolumbre, a visita do presidente do BNDES é um sinal positivo para o Amapá. “Uma das três maiores instituições de desenvolvimento do planeta, estar com o seu presidente e corpo técnico prestigiando o pequeno produtor, do micro ao grande empresário, os prefeitos, ajuda a diminuir a dificuldade para acesso às linhas de crédito”, falou.

Prefeituras
O evento aconteceu em três fases, envolvendo empresários e gestores municipais, pequenos e médios empreendedores, que foram apresentados às linhas de crédito que variam de acordo com o candidato, mas partem de R$ 3 mil e podem chegar a R$ 20 milhões, caso das prefeituras, para investimento em obras, modernização da gestão e outras tarefas.
Ainda no encontro, foram apresentadas as formas de atuação do banco, assim como o fornecimento de todas as informações necessárias para o atendimento pleno dos pré-requisitos necessários ao acesso dos recursos e instrumentos de apoio do BNDES. Em primeira mão os presentes conheceram o Programa de Modernização da Administração Tributária e da Gestão dos Setores Sociais Básicos (PMAT), destinado a apoiar projetos de investimentos de até R$ 20 milhões de reais, voltados à melhoria da eficiência, qualidade e transparência da gestão pública, visando a modernização das administrações tributária, financeira, gerencial e patrimonial dos municípios.



Nenhum comentário:

Postar um comentário