PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
Matrículas abertas para Macapá!

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Coluna Argumentos, quarta-feira, dia 04 de fevereiro de 2015.

Temporal

E a chuva heim? Amigo, são Pedro abriu as portas do céu ontem e fez desabar aquilo que o povão chama de toró sobre o Amapá. Muitos pontos de alagamento voltaram a se formar, um problema antigo que não há quem consiga resolver nesta terra de meu Deus!

Niver

Não podemos esquecer que hoje é aniversário da cidade, que chega aos 457 anos demonstrando que ainda resiste, combalida, mas de pé. Temos natureza generosa nos arredores, falta cuidado para ser completa.

Praia

Quer um exemplo? Em que pese estarmos à beira do maior rio do mundo, Macapá não tem uma praia organizada na região metropolitana. Afastada do Centro temos a da Fazendinha, há muito tempo esquecida.

Points

Mas Macapá tem lá seus encantos. E recantos. Como a bucólica vila do Curiaú, a Fortaleza de São José de Macapá e o Monumento do Marco Zero do Equador. Em todos, faltam guias com o devido treinamento.

Equador

Sarney me disse certa vez que nos anos 60 quem ia de São Paulo a Nova Iorque pela Varig recebia um registro de que cruzara a Linha do Equador quando sobrevoavam nossa região. Aqui está em falta.

Macapá
Gente, apesar das críticas, afinal queremos uma cidade melhor, devemos reconhecer o orgulho de ser de Macapá, a capital banhada pelo rio Amazonas e cortada pela Linha do Equador. Vamos em frente, acreditando em dias melhores para a terra das bacabas.

Crítica

Por falar em Sarney, ele partiu para o ataque ao governo Dilma. Tem a ver com o abandono de uma obra da Petrobrás no Maranhão: “É com grande revolta e profunda indignação que verifico como são tomadas as decisões no Brasil, esquecendo o maior dos problemas, o das desigualdades regionais”.

Nomes

Gilberto Laurindo, na Junta Comercial e Eliezir Viterbino, na Secretaria Estadual da Indústria, Comércio e Mineração. Essas mexidas foram muito bem recebidas pelo setor do comércio e empreendedorismo. Uma nova chance para que o poder público no mínimo não atrapalhe a iniciativa privada local.

Porto

Teve nome novo também na Companhia Docas de Santana. Trata-se do ex deputado Eider Pena, que também é um entusiasta do agronegócio. Sua indicação chega no exato momento em que pode deslanchar o projeto de embarque de grãos do Centro-Oeste do país pelo Porto de Santana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário