PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
*Divulgação da atividade parlamentar (Ato da Mesa 43/2009).

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Randolfe cobra retomada das obras do Aeroporto de Macapá

Randolfe cobra retomada das obras do Aeroporto de Macapá
 Portal Diário
O senador Randolfe Rodrigues esteve em reunião nessa quarta-feira, 14 com representantes da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) para discutir a continuação das obras no Aeroporto Internacional de Macapá, que estão paralisadas há oito anos. Estiveram presentes na reunião, além do senador, o presidente em exercício da Infraero, José Irenaldo, e o diretor de engenharia da empresa, Adilson Teixeira Lima.
Durante a conversa, Randolfe ressaltou que essa é uma das principais obras do governo federal para o Amapá, e que o atraso vem causando prejuízos incontáveis para o povo amapaense, para o comércio do Amapá além dos serviços do estado que precisam do aeroporto “Embora tenhamos uma obra paliativa do aeroporto, o novo aeroporto é indispensável para todas as necessidades da população. E é por conta disso que é urgente, necessário e inadiável a retomada, ainda este ano, das obras”, cobrou.
O período licitatório aconteceu em dezembro, e um consórcio conduzido pela empresa EPC foi a vencedora para realizar as obras do Aeroporto Internacional de Macapá. Para o senador, é importante que após a homologação do certame, no máximo até março, ocorra a expedição da ordem de serviços para que esse ano possa ocorrer a retomada das obras. Entretanto, para isso, é necessário a locação dos recursos pelo Tesouro Nacional. “É para isso que nós vamos ter que nos dedicar daqui pra frente”, pontuou Randolfe.
As obras estão paradas desde 2007, quando a empreiteira Gautama foi acusada na Operação Navalha, da Polícia Federal, de desviar R$ 113 milhões do projeto. Logo após, o Tribunal de Contas da União (TCU), impediu que a obra fosse retomada por conta de auditorias seguidas. Várias licitações ocorreram, e ainda assim a obra não teve sua devida retomada. Somente em dezembro de 2014 houve um certame licitatório vitorioso “Agora que nós temos um consórcio vencedor, nós precisamos ainda, garantir os recursos para que a obra saia este ano. É neste sentindo que vou me dedicar”, conclui.
O senador Randolfe Rodrigues vai solicitar audiência com o ministro da Aviação Civil, Eliseu Padilha, para conversar sobre o prazo para a ordem de serviço para a retomada das obras. Após o início, o prazo para a conclusão das obras é de dois anos e meio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário