PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
*Divulgação da atividade parlamentar (Ato da Mesa 43/2009).

sábado, 16 de agosto de 2014

Coluna Argumentos, sábado, dia 16 de agosto de 2014.

Mobilizado

O Alto Comando do Exército Brasileiro estará em Macapá no próximo dia 28. Será para a cerimônia de lançamento da pedra fundamental da obra da Brigada da Foz, nova unidade que o Amapá sediará e que será comandada por um general. A obra começa no evento.

Justo

O general Ferreira, comandante militar do Norte, fez questão de convidar autoridades locais e especialmente a bancada federal, que alocou os recursos para a construção. Presença do Estado Brasileiro e empregos, aí!

Spots e vts

Emissoras de rádio e TV se desdobram para manter plantão de recebimento das mídias com as inserções dos candidatos. Os programas eleitorais são levados às emissoras geradoras. O problema é o “pingado”.

Abandono

Os moradores da zona norte de Macapá, em especial dos bairros Açaí e Infraero, não entendem como a Prefeitura não tem olhos para aquela região, cujo pavimento está em estado lastimável.

Precoce

Já teve gente especulando sobre o acidente que matou o candidato a presidente Eduardo Campos. A ver com o fato das caixas pretas não terem gravado as conversas dos pilotos naquele dia.

Inseparáveis
O brasileiro é apaixonado por carros, né? E tem uma legião desses apaixonados que nutrem um amor especial a esse modelo aí, o Fusca. O funcionário público Ronaldo Andrade tem um que é praticamente um filho. Tá inteiro!

Afirmativo!
O comandante da Capitania dos Portos, Lúcio Ribeiro, garante que os bons resultados da Operação Férias motivaram a Marinha a manter a “pegada”, digamos assim, e intensificar os trabalhos de fiscalização nos rios da região. População, penhoradamente, agradece.

Torcida

Sarney tem pelo menos dois motivos em particular para ter um governador aliado. É a decisão de implantar a Zona Franca Verde e a Zona de Processamento de Exportação (ZPE). Para ele, depois da Área de Livre Comércio, essas serão as garantias de desenvolvimento econômico para o estado, com o incremento da indústria no Amapá. Simples assim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário