PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
*Divulgação da atividade parlamentar (Ato da Mesa 43/2009).

terça-feira, 11 de setembro de 2012

Extraído do Estadão: Direto de Brasília


Empenho minoritário

Inconformado com o congelamen­to dos trabalhos da CPI do Cachoei­ra, um grupo de parlamentares deci­diu levar, pessoalmente, as provas produzidas pela comissão ao Ministério Público Federal em Goiás, que deflagrou a Operação Monte Cario. Os senadores Pedro Taques (PDT- MT) e Randolfe Rodrigues (PSOL- AP) e o deputado Miro Teixeira (PDT-RJ) vão a Goiânia, pedir aos procuradores que avancem na inves­tigação, das empresas-fantasmas, que recebiam repasses da empreitei­ra Delta – uma linha de trabalho que um acordão entre PT, PMDB e PSDB inviabiliza. O presidente da CPI do Cachoeira, senador Vital do Rêgo Filho (PMDB- PB), defende nova lei geral das co­missões de inquérito, para substituir a atual, sexagenária. Quer priorizar provas técnicas em relação às teste­munhais, para evitar o que chama de As CPIs do Silêncio”. Com todo o respeito, a que preside não deixou de fazer isso por causa da lei vigente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário