PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
Matrículas abertas para Macapá!

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Dupla do Psol vence eleição entre jornalistas do 'Congresso em Foco'




Chico Alencar (Psol-RJ), Luiza Erundina (PSB-SP) e Reguffe (PDT-DF) na Câmara. Randolfe Rodrigues (Psol-AP), Pedro Taques (PDT-MT), Paulo Paim (PT-RS) e Pedro Simon (PMDB-RS) no Senado. Esses são, em ordem decrescente, os parlamentares que melhor exercem o mandato este ano no Congresso, segundo avaliação dos jornalistas que participaram da primeira fase do Prêmio Congresso em Foco 2012. O grupo encabeça a lista dos 25 deputados e dez senadores que, desde ontem (13), concorrem ao voto do internauta nas duas categorias gerais da premiação. Pela primeira vez, o internauta poderá acrescentar ainda um nome em cada categoria – na de melhor deputado e melhor senador e nas nove categorias especiais. Os escolhidos na votação da internet e todos os indicados pelos jornalistas serão premiados em evento a ser realizado no dia 8 de novembro. Caberá ao internauta definir a classificação final dos parlamentares. O senador Randolfe Rodrigues e o deputado Chico Alencar também serão homenageados por terem sido os mais votados pelos jornalistas. Nesta edição, os jornalistas não puderam votar em parlamentares que respondem a acusações criminais no Supremo Tribunal Federal, a processo nos conselhos de ética da Câmara e do Senado, nem que tenham sido alvo de denúncias de grave ofensa aos direitos humanos (racismo, trabalho escravo, homofobia etc.). Os 186 jornalistas que participaram da primeira etapa de votação, fiscalizada pelo Sindicato dos Jornalistas do Distrito Federal, distribuíram 1.455 votos nas duas categorias principais – de melhor deputado e melhor senador. Ao todo, 32 senadores e 117 deputados receberam ao menos uma indicação nessas duas categorias. Os dez premiados do Senado ficaram com 444 (80%) dos 559 votos dados aos senadores. Já os 25 premiados da Câmara receberam 608 (68%) dos 896 votos.

Juventude e sacerdócio

Aos 39 anos, o mais jovem integrante do Senado recebeu 89 votos na categoria principal. Randolfe Rodrigues também foi indicado para disputar o voto do internauta em quatro das nove categorias especiais desta edição. “Estou muito feliz pela credibilidade do prêmio e do Congresso em Foco, que é o principal termômetro da atuação dos parlamentares brasileiros. É o Oscar da política brasileira”, compara. Autor do requerimento que resultou no processo que cassou o senador Demóstenes Torres (sem partido-GO), Randolfe acredita que ganhou maior projeção no Congresso por ter feito aquilo que nada mais é do que o dever parlamentar. “Exercemos um sacerdócio designado pela vontade popular. Quando a política se dedica a coisas públicas ou coletivas, é sacerdócio. Quando serve a negócios privados e escusos, torna-se negócio”, observa o senador. Depois de Randolfe, Pedro Taques, com 65 votos, Paulo Paim e Pedro Simon, com 47, foram os senadores mais bem avaliados pelos jornalistas. “É motivo de orgulho e honra poder figurar nessa lista de parlamentares decentes que honram o Brasil”, diz Taques. O senador de 44 anos atribui os votos obtidos na primeira fase ao seu trabalho na CPI do Cachoeira, às suas intervenções no processo que resultou na cassação de Demóstenes Torres (sem partido-GO) e às suas sugestões para modernizar o Código Penal. Indicado como um dos melhores senadores em todas as seis edições anteriores do prêmio, Pedro Simon afirma que não esperava ser lembrado pelos jornalistas desta vez. “Estou emocionado. Tem sido um ano muito difícil por questões de saúde. Esta indicação é o melhor estímulo que eu poderia receber”, afirma Simon. O Congresso em Foco não conseguiu localizar o senador Paulo Paim.

Tetracampeão

Companheiro de partido de Randolfe, o deputado Chico Alencar foi o mais votado na Câmara pelo quarto ano consecutivo. “Meus Deus, isso é uma responsabilidade muito grande”, reagiu o deputado ao receber a notícia de que havia sido novamente o mais destacado pelos jornalistas, com 87 votos. “Não é uma glória conquistada que vai para o peito da vaidade. É o reconhecimento que alegra, mas que significa também mais exigência”, acrescentou. Chico e Randolfe comemoram ainda o fato de o Psol ter emplacado toda a bancada entre os premiados este ano. Além dos dois, também concorrem ao prêmio os deputados Jean Wyllys (Psol-RJ), quarto mais votado, e Ivan Valente (Psol-SP), oitavo colocado. O segundo nome na Câmara mais destacado pelos jornalistas na primeira fase de votação foi o da deputada Luiza Erundina. Premiada em todas as edições anteriores do Prêmio Congresso em Foco, ela recebeu desta vez 64 votos. “Essa avaliação nos leva a reafirmar o compromisso com o mandato, os interesses da sociedade e a democracia. Esse reconhecimento de um grupo de profissionais qualificados reforça a tomada de consciência do meu papel na política brasileira”, afirma a deputada, em alusão ao voto dos jornalistas. “O prêmio é muito valorizado pela sociedade”, emenda. Terceiro mais votado entre os deputados, Reguffe avalia que a premiação combate o ceticismo generalizado com a política. “O valor do prêmio é reconhecer as coisas boas que existem na política. Como os eventos na política têm sido muito ruins, a gente vive também processo de criminalização da atividade política. É um dos raros espaços que se tem para mostrar a importância e o valor da ação política na sociedade”, observa o deputado eleito pelo Distrito Federal.

Premiados

Todos os indicados pelos jornalistas nas 11 categorias (de melhor deputado e senador e nove categorias especiais) serão premiados com troféus, diplomas ou certificados, conforme a ordem final de classificação, que será definida pelo internauta até o dia 15 de outubro.  Pela internet, o público também poderá incluir, em cada categoria, mais um nome, desde que ele não responda a acusações criminais no Supremo Tribunal Federal, nos conselhos de ética da Câmara e do Senado, nem seja alvo de denúncias de grave ofensa aos direitos humanos (racismo, trabalho escravo, homofobia etc.). Durante o período de votação, o Congresso em Foco divulgará boletins parciais com os resultados da votação dos internautas. Mas a ordem final de classificação só será revelada no evento de premiação, no dia 8 de novembro.

A votação

O processo de votação na internet será monitorado pela Associação Nacional dos Peritos Criminais Federal (APCF). Para ser computado, o voto do internauta será confirmado por link a ser enviado por e-mail após votação no próprio site. Não é possível votar mais de uma vez com o mesmo e-mail. O monitoramento realizado também identifica votos de origem irregular, impedindo a sua contabilização.
Prêmio Congresso em Foco é uma iniciativa do site Congresso em Foco, apoiada por diversos parceiros, que tem como finalidade premiar os melhores parlamentares do Congresso Nacional e estimular a sociedade a acompanhar seus representantes de modo ativo e permanente.

Quem apóia

A edição deste ano tem, até este momento, o patrocínio da AmBev e da Souza Cruz, o apoio da Associação Nacional dos Peritos Criminais (APCF), da Associação dos Notários e Registradores do Brasil (Anoreg/BR), da Arpen Brasil, da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF), da Anfip,da Anffa Sindical e da Federação Brasileira de Associações Fiscais de Tributos Estaduais (Febrafite). A iniciativa tem o apoio institucional do Sindicato dos Jornalistas do Distrito Federal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário