PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
*Divulgação da atividade parlamentar (Ato da Mesa 43/2009).

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Por que Brasília tem formato de avião?


Imagem de satélite mostra o "Plano Piloto" da Capital

A construção de Brasília iniciou-se em 1956 no Governo Juscelino Kubitscheck, que tinha o slogan de desenvolvimento “Cinqüenta anos em cinco”. O projeto do urbanista Lúcio Costa ganhou forma de avião, necessária para o planejamento de suas ruas, avenidas, quadras e superquadras, em siglas que, em um primeiro momento, assustam os visitantes, mas que mostraram a facilidade de encontrar endereços através de letras e números. Inaugurada em 21 de abril de 1960 pelo presidente Juscelino, Brasília surpreendeu o mundo com os projetos arquitetônicos pra lá de futuristas de Oscar Niemeyer, seja nas linhas retas do Congresso, nas curvas do Palácio da Alvorada ou na beleza dos espelhos d’água do Itamaraty.
Fonte: Grupo Labor

10 comentários:

  1. Interessante, não sabia do formato e da história

    ResponderExcluir
  2. Como Oscar Niemeyer falou, Brasilia não deveria ter sido projetada em forma de avião, e sim em forma de camburão

    ResponderExcluir
  3. Moro em Brasília-DF há doze anos,e tinha muita curiosidade de conhecer sua história, fiquei impressionada,linda história,que pena por ter muita corrupção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O formato de asa da cidade de Brasília-DF é puro satanismo. -Isso dizem.

      Excluir
  4. Que bom, amiga, ficamos felizes com sua visita e seu generoso comentário. Olha, trabalhei em Brasília por vários anos e certa vez participei de um congresso de jornalistas que reservou o domingo para um city tour, o que muita gente pensou em 'gazetar'. Mas os organizadores do evento disseram que só dariam os certificados na volta do passeio. Mas disse que haveriam surpresas e que ninguém se arrependeria. Usamos ônibus de turismo, daqueles de dois andares e uma guia de turismo peruana chamada Maria prendeu a atenção de todos os jornalistas com tanta informação valiosa sobre nossa capital. Sugiro que você faça algo parecido, com a ajuda de um guia. Tem um lado místico também, peregrinação, a acústica da catedral, sua história, enfim, muita coisa bacana. Quanto à política é um custo que pagamos, uma hora o brasileiro vota certo.

    O editor

    ResponderExcluir