PUBLICIDADE

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Senador Sarney assina em Macapá a lei orçamentária do Brasil

O presidente do Senado Federal com o servidor Marcos Mousinho

Em um dia histórico para o Amapá, um feito inédito foi protagonizado pelo presidente do Senado Federal, o senador José Sarney (PMDB-AP) na madrugada desta quinta-feira (29) ao assinar em Macapá a Lei Orçamentária Anual do Brasil, que será entregue à presidente da República ainda hoje para sanção. O valor do orçamento da União para o próximo ano é de R$ 1,602 trilhão, já descontados os R$ 655 bilhões destinados ao refinanciamento da dívida pública.

A mensagem original do Congresso Nacional a ser remetida à Presidente Dilma foi trazida ao Amapá por intermédio da secretária-geral da Mesa Diretora do Senado, dona Cláudia Lyra, que escalou seu secretário-adjunto, Marcos Mousinho para viajar a Macapá e cumprir a importante missão. Com 19 anos de Casa, o servidor do Senado não escondia a satisfação em fazer parte da história, apesar do desgaste da viagem rápida, pois retornou ainda na madrugada para Brasília.
Sarney passa dias do seu recesso parlamentar em Macapá e esperou até o início da madrugada de hoje para a chegada do emissário do Senado com a importante correspondência do Congresso. Em quase meia hora, Sarney apôs 123 vezes sua assinatura na mensagem orçamentária aprovada pelo Congresso Nacional. A presidência da República tem até hoje para sancionar o orçamento 2012 e publicar no Diário Oficial da União.



Audiências – Apesar de estar oficialmente de recesso, o que significaria dizer as férias dos parlamentares, Sarney tem cumprido extensa agenda de compromissos no Amapá, como encontros com autoridades e lideranças locais. Na quarta-feira ele visitou o bispo diocesano de Macapá, dom Pedro José Conti, quando tratou das obras sociais da igreja católica. Durante todo o dia foi grande a mobilização de políticos tucujus na casa de Sarney que embarca nesta quinta-feira para São Luís (MA) onde passará o réveillon ao lado da governadora Roseana Sarney, sua filha, assim como outros familiares. 
Encontro de Sarney e o bispo Diocesano Dom Pedro Conti

Sarney garante apoio ao Exército Brasileiro na ocupação da fronteira

Reunião entre o coronel Allan Quint e José Sarney, em Macapá

O senador José Sarney (PMDB-AP), que é o presidente do Senado Federal, recebeu em sua residência, em Macapá, nesta quarta-feira (28) o comandante do Comando de Fronteira do Amapá (CEFAP) e do 34º Batalhão de Infantaria de Selva (34º BIS), o coronel de Infantaria Allan Fernando Quint. Os dois trataram do projeto de instalação de Pelotões Especiais de Fronteira na região amazônica.
Sarney disse ser importante o tema ser discutido nesse momento de grande movimentação na fronteira do Brasil com a Guiana Francesa, devido a construção da ponte binacional sobre o Rio Oiapoque. “É de extrema relevância uma maior presença do estado brasileiro nessa região e o Exército é a instituição mais indicada para ocupar essa posição de soberania e vigilância do nosso torrão brasileiro”, ressaltou o senador.
O coronel Allan manifestou também sua admiração pessoal pela biografia e postura estadista de Sarney em momentos históricos de consolidação democrática no País. “O senador José Sarney foi sempre uma voz de serenidade, do consenso e da harmonia na República”, disse o militar.
O ex-presidente da República falou da importância de se lembrar desses episódios e rememorou o cenário em que assumiu as rédeas do Brasil. “Como comandante em chefe das Forças Armadas procurei garantir o melhor ambiente possível para a transição, afinal ela se deu de forma consensuada e não pelas armas”, acrescentou Sarney.
O militar foi parabenizado por seu comando no Amapá
O senador disse que foi durante seu governo que se deu a criação do Projeto Calha Norte, que até hoje presta relevantes serviços ao País, especialmente na Amazônia. Sarney felicitou o comandante Allan que está concluindo seu comando no Amapá e confirmou presença na cerimônia de passagem de Comando, no dia 2 de fevereiro. O substituto do coronel Allan Quint será o tenente-coronel Marcelo Pinheiro Pinto. O comandante militar da Amazônia, general-de-exército Vilas Boas também estará no evento.

Coluna Argumentos, quinta-feira, 29.12.2012

Fechadíssimos

Está selada mesmo a parceria entre o deputado federal Davi Alcolumbre (DEM) e Lucas Barreto (PTB) para a disputa pela Prefeitura de Macapá em 2012. Os dois já são vistos juntos e também separados nos contatos iniciais com eleitores. Do tipo unha e cutícula, como diria o Luiz Melo, que ainda poderia acrescentar: – Tudo visando aquilo!

Longa data


Tido como um político de honrar compromissos, Lucas teria manifestado a mais próximos que sua intenção é compor com Davi visando a indicação do nome do vice na chapa rumo à PMM ano que vem – que pode até ser ele próprio. Essa parceria das famílias Alcolumbre e Barreto vem de longe, com retrospecto altamente positivo e revezes também.

Estratégia


Para fechar esse tricô sobre a aliança DEM/PTB, as executivas nacionais das duas legendas já teriam dado o aval necessário para que coloquem o bloco nas ruas tucujus. Pesquisas de intenção de votos podem determinar quem reúne mais densidade eleitoral para encabeçar a chapa, se Davi ou mesmo Lucas.



Uma causa 

O senador José Sarney (PMDB-AP) debateu estratégias para reforçar o Instituto do Câncer Joel Magalhães, o Ijoma. Durante reunião em sua residência em Macapá, recebeu o juiz de direito Marconi Marinho Pimenta, a servidora Maria dos Anjos e o senador Randolfe Rodrigues (Psol-AP). Com todo esse PIB intelectual reunido devem surgir boas novas para essa importante entidade social que o Amapá possui. Nota 10!

Pedreira


Surge uma pedra no sapato do deputado federal Vinícius Gurgel (PR), que até então caminhava tranquilamente no ano de estreia dele na Câmara. Trata-se do líder camponês Amarildo Carvalho (Fetag), que disputou a eleição para deputado federal no ano passado e ficou na suplência. Quer a vaga de Gurgel alegando infidelidade partidária. Esse se diz tranquilo.

Magistrado


O senador José Sarney (PMDB-AP) já disse aos aliados que vai permanecer neutro na corrida pela sucessão municipal em Macapá no próximo ano. “Tenho muitos amigos que dizem estar na disputa para prefeito, então vou deixar que eles possam ir naturalmente às urnas, sem subir em palanques por enquanto”, disse, sem descartar nova postura num eventual 2º turno.

Esporte


Foi aprovado na Câmara Municipal de Macapá o Projeto de Lei que autoriza a criação do Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa na capital amapaense. O projeto é uma iniciativa do vereador Marcelo Dias (PSDB) que visa o desenvolvimento atlético e social de crianças e jovens. Criança ou jovem deverá estar estudando regularmente para participar.

Consolidação


O deputado federal Luiz Carlos Júnior (PSDB) reagiu com serenidade à escolha de seu nome como um dos melhores parlamentares do Congresso Nacional deste ano. Dizendo-se aprendiz, tem procurado ouvir e observar muito e aos poucos imprime uma característica própria ao mandato. Mas também já fala grosso no diretório regional. Quer Michel JK na disputa pela PMM. 

Sarney ratifica compromisso com Camilo Capiberibe pela federalização da CEA

A audiência de Sarney e Camilo aconteceu no Palácio do Setentrião

O governador do Estado, Camilo Capiberibe (PSB), recebeu em audiência no Palácio do Setentrião, o presidente do Senado Federal, senador José Sarney (PMDB-AP). O encontro, que aconteceu em uma reunião privada, durou cerca de meia hora e os dois trocaram cumprimentos pelas festas de final de ano além de ratificarem o compromisso de defender a federalização da Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA).
Sarney disse que desde as primeiras dificuldades financeiras da estatal de energia do Amapá, defendeu a tese da federalização. “É bom para a companhia, é melhor para os funcionários e com isso a gente resolve de uma vez por todas esse impasse, pois o Linhão de Tucuruí está chegando, existem hidrelétricas em construção e essa energia precisa ser distribuída”, disse Sarney, que acrescentou: “Do jeito que está a CEA não pode nem se habilitar a comprar energia”.
O presidente do Senado Federal disse que o encontro era também uma retribuição ao governador do Amapá, que já esteve por duas ocasiões em seu gabinete em Brasília. “Eu sempre disse que independentemente dos governos eu sempre me coloquei à disposição para ajudar, pois o interesse do povo amapaense sempre irá falar mais alto do qualquer outra questão, seja de ordem partidária ou pessoal”, declarou Sarney. 
Sarney retribuiu as visitas do governador do Amapá

TV Assembleia vira realidade com convênio assinado por Sarney e Moisés Souza

Deputados estaduais com Sarney durante assinatura do convênio

Um dos compromissos oficiais do senador José Sarney (PMDB-AP) nesta terça-feira em Macapá foi a assinatura de um convênio entre o Senado Federal e a Assembleia Legislativa, para a entrada em funcionamento em TV aberta da TV Senado e da TV Assembleia. “Esse era um compromisso meu com a Assembleia Legislativa do Amapá que tenho a honra de estar cumprindo”, disse Sarney. O evento aconteceu no gabinete da Presidência da AL, e foi assinado pelo presidente da Casa, deputado Moisés Souza (PSC) e por quase todos os parlamentares.
Durante a cerimônia, Sarney explicou que a Assembleia Legislativa do Amapá estará na vanguarda em relação a todos os demais estados da federação, com a transmissão em tv aberta e em sinal digital, da TV Senado, da Rádio Senado e também da TV Assembleia e Rádio Assembleia. “Estamos garantindo com esse convênio todos os equipamentos e tecnologia necessária para o funcionamento das emissoras aqui na Assembleia do Amapá”, disse ele.
Sarney lembrou que foi durante sua gestão na Presidência do Senado, em 1994, que a TV Senado entrou no ar, uma conquista que logo caiu no gosto popular, devido sua enorme aceitação. “Nossa agência de notícias acaba de registrar o espantoso número de dois milhões de acessos. O nosso SOS Senado também é outro sucesso, com mais de um milhão de acessos este ano”, exemplificou.
Presidente da AL-AP, Moisés Souza (PSC) com o senador José Sarney
O presidente da AL, deputado Moisés Souza, disse que está muito feliz com mais essa conquista, que vem num grande momento do Legislativo, com muitos avanços e melhorias estruturais. “É interessante que é uma via de mão dupla, pois assim como estamos recebendo o ‘know how’ do Senado federal, nós também estamos emprestando tecnologia local, feita por técnicos genuinamente amapaenses, para o Senado e o restante do país”, disse Souza, referindo-se ao moderno sistema eletrônico de votações da AL-AP.

“O Amapá está vivendo seus últimos dias de racionamento”, diz o senador José Sarney

Sarney durante entrevista ao jornalista Olímpio Guarany, no Canal 24

Um dos principais questionamentos feitos pela imprensa ao senador José Sarney (PMDB-AP) foi a respeito dos recentes apagões elétricos que o Amapá vem registrando. Como um entusiasta das grandes obras de infraestrutura, Sarney disse que esse foi o primeiro grande desafio que ele enfrentou desde sua primeira eleição no Amapá, no início dos anos 90. Mas para ele, os novos investimentos no setor elétrico projetam o fim dos racionamentos com a interligação do Amapá ao sistema nacional de energia.
O atual presidente do Senado Federal esteve no início do mês em Laranjal do Jari, onde acompanhou a cerimônia de lançamento oficial das obras da Usina Hidrelétrica de Santo Antônio do Jari, que vai geral quase 400 megawatts de energia daqui três anos. “Não se encontra uma hidrelétrica em uma prateleira, ali, pronta para ser comprada. É difícil mesmo, demora em média de oito a dez anos desde o projeto até a conclusão da obra. Essa levou todo esse tempo, mas vai significar muitos empregos e desenvolvimento para o Amapá inteiro”, disse.
Sarney concede entrevista nos estúdios da TV Record Macapá
Ele apontou também o avançado estágio de construção da Usina Hidrelétrica Ferreira Gomes, no Rio Araguari, que deverá estar gerando energia elétrica até o final de 2013. Sarney disse que foram grandes os desafios para se consolidar esses projetos, afinal, disse, leis precisaram ser mudadas e as garantias da interligação do Amapá ao restante do setor elétrico, pois sistemas isolados não conseguem colocar sua produção no mercado da energia.
O ex-presidente da República lembrou que quando se mudou para o Amapá, encontrou o Estado recém criado em meio a racionamentos de energia e conseguiu, à época, geradores de energia térmica que vieram da Bahia, garantir o atendimento da demanda do Estado. “Mas depois tivemos um crescimento muito grande da nossa população e não sei por culpa de quem isso não foi pensado de modo a evitar o que está ocorrendo hoje”, ponderou.

Sarney celebra “um ano bom” na avaliação do presidente do Senado Federal

A recepção a Sarney no Aeroporto de Macapá, com autoridades e políticos

Considerando-se um otimista inveterado, o presidente do Senado Federal, senador José Sarney (PMDB-AP) desembarcou nesta terça-feira (27) em Macapá para curtir uns dias do recesso parlamentar, ocasião em que disse ter motivos para celebrar um ano bom que foi 2011, apesar de todas as dificuldades, mas que está confiante de que 2012 será de mais resultados positivos. O parlamentar recepcionou os jornalistas à noite no Macapá Hotel, durante confraternização de fim de ano.
Logo pela manhã, Sarney reuniu políticos de várias correntes no saguão do Aeroporto de Macapá, durante sua chegada. Estiveram lá o prefeito de Macapá, Roberto Góes (PDT), o deputado federal Davi Alcolumbre (DEM), empresários, jornalistas, além de lideranças políticas como Lucas Barreto (PTB), Antônio Feijão (PSD) e os irmãos Gilvam e Geovani Borges (PMDB).
Em sua residência, no bairro de Santa Rita, José Sarney teve inúmeras audiências e recebeu também muitos cumprimentos, de lideranças comunitárias e de autoridades como o presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro Regildo Salomão, o deputado estadual Bruno Mineiro (PTdoB), seu pai, o ex-prefeito Altamiro Resende, o ex-deputado federal Paulo Guerra, entre outras personalidades da sociedade amapaense.
Sarney também falou à imprensa, em três entrevistas ao vivo na televisão. Esteve nos programas Olímpio Guarani (TV Tucuju), Amazônia em Revista (TV Amapá) e AP Record (TV Macapá); Também gravou entrevistas para a Rádio Comunitária Novo Tempo FM e jornais impressos. “A imprensa tem um papel fundamental para o processo democrático, afinal cobre o ano inteiro a atividades nossas, dos políticos, mas também com suas críticas, com seus questionamentos levam o poder público a resolver as demandas da comunidade”, define.
Falando em um canal de TV, direcionando uma mensagem ao cidadão amapaense, Sarney se disse confiante de que as perspectivas para o Amapá são as melhores possíveis, afinal, disse, a Área de Livre Comércio de Macapá e Santana já foi transformada em Zona Franca Verde e com a oferta de energia elétrica que o Estado terá em breve, as indústrias estarão se instalando e uma nova era de desenvolvimento será experimentada no Amapá.

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Coluna Argumentos, terça-feira, 27.12.11



Nosso colega

O senador José Sarney (PMDB-AP) desembarca hoje em Macapá para uns dias de recesso a que tem direito. Ele recebe os jornalistas amapaenses logo mais às 19 horas no Salão de Eventos do Macapá Hotel, para a tradicional confraternização de fim de ano com os “colegas”. Sim, além de político e advogado, Sarney também é jornalista e escritor.

AL tinha razão

O desembargador Gilberto Pinheiro, do Tribunal de Justiça do Estado do Amapá (Tjap) pôs fim ao impasse sobre o duodécimo do mês de dezembro que a Assembleia Legislativa (AL) reclamava. Na semana passada ele já havia bloqueado as contas do Governo enquanto pedia informações. Elas chegaram e não o convenceram. Gea deve mesmo à AL.

“Paitrocinador”

Na edição especial do nosso Conexão Brasília, que comemorou o Natal com políticos e empreendedores, o deputado federal Luiz Carlos (PSDB), bastante descontraído, admitiu que como ainda não casou, mora na casa do pai, o desembargador Luiz Carlos Gomes dos Santos. “É mais barato”, brincou o parlamentar.

A nossa vez

Que o senador José Sarney (PMDB-AP) é tido como o fiel da balança no Congresso Nacional todos sabem, ou seja, quando há discórdia ele sempre é o conciliador e quem “decide a parada”. Sabendo disso o deputado federal Átila Lins (PMDB-AM) disse ontem que a bancada amazonense luta pela renovação da Zona Franca de Manaus, mas uma Emenda de Sarney estende os benefícios também para o Amapá.

Dica cultural

Tendo o talento da atriz Sabrina Zahara no elenco e Cláudio Silva na produção executiva o Espetáculo Cânticos de Antares será encenado nos dias 28 e 29 de dezembro e entra em temporada no mês de janeiro. Será no Centro de Experimentação Artística Ói Nóiz Akí, que fica na Avenida Marcílio Dias, 480, esquina com a Rua General Rondon, com início às 20 horas.

Velha prática

Nessa polêmica entre AL e GEA os prepostos do Setentrião estão se valendo de uma prática bastante conhecida por que era usada nos tempo de Capiberibe pai no Governo: jogar a opinião pública contra os deputados. Mas nessa questão do aumento do orçamento, a AL não tirou nada da proposta do GEA, então por que alega não ter dinheiro para funcionalismo?

 Pelos poderes

 O relatório do senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) ao texto de seu colega Demóstenes Torres (DEM-GO) afirma que o Conselho Nacional de Justiça poderá “instaurar e julgar” processos administrativos disciplinares contra membros do Poder Judiciário. O parecer também estabelece que o conselho poderá determinar punições aos magistrados.

 Mudanças

O prefeito de Macapá, Roberto Góes, conseguiu aprovação da Câmara Municipal para transformar a Empresa Municipal de Transportes Urbanos (EMTU) em autarquia. A mudança vai dar autonomia financeira e administrativa para o órgão e mais condições do município desenvolver as ações necessárias para melhoria do trânsito e transporte em Macapá.

Justiça confirma direito da Assembleia em receber duodécimo integral

Assembleia não conseguiu pagar pessoal em dezembro
A Justiça do Amapá, por meio de decisão exarada pelo desembargador Gilberto Pinheiro, reconheceu ter sido abusivo e ilegal ato do governador do Estado, Camilo Capiberibe, que descumpriu o que preconiza a Lei Orçamentária Anual (LOA) no que se refere ao repasse do mês de dezembro do Legislativo. O magistrado já havia decidido liminarmente bloquear as contas do GEA para assegurar a parte devida e ontem, ao analisar o mérito, determinou a imediata liberação de R$ 5,012 milhões à AL, que deixou de pagar fornecedores e até a folha de pessoal neste final de ano.
Em sua decisão, o desembargador informa que na semana passada decidira determinar o bloqueio de R$ 6.166.731,88 (seis milhões, cento e sessenta e seis mil, setecentos e trinta e um reais e oitenta e oito centavos), após a AL ter impetrado Mandado de Segurança devido o governador ter repassado a menor o duodécimo do mês de dezembro do Legislativo, limitado em apenas R$ 1.850.774,62 (um milhão, oitocentos e cinqüenta mil, setecentos e setenta e quatro reais e sessenta e dois centavos). Gilberto Pinheiro determinou ainda que em 48 horas fossem prestadas informações pelo Governo.
O Estado enviou as informações ao magistrado, alegando não haver mais créditos por parte da AL para o referente exercício financeiro e ainda atravessou uma Petição pedindo a reconsideração da decisão que deferiu o bloqueio de valores em contas pertencentes do Estado do Amapá. Na decisão de ontem, Gilberto Pinheiro explicou que o duodécimo tem natureza tutelar e não creditícia. “Sendo inadmissível, por isso, a pleiteada compensação em relação a montantes anteriormente repassados”, reforça Pinheiro.
Pouco depois, o desembargador usa de trecho de outras decisões anteriores, tanto do Judiciário Amapaense como de outros Estados – a chamada jurisprudência – para esclarecer a única situação prevista em lei para que o Executivo possa realizar descontos dos repasses constitucionais aos Poderes. É quando algum desses Poderes deixa de recolher os valores previdenciários. “O que acarreta prejuízos ao Estado, que é considerado em débito, sendo impedido, inclusive, de firmar convênios”, diz o desembargador a respeito da conhecida inadimplência.
Com a decisão de Pinheiro, que determina a imediata liberação do valor devido pelo Estado à Assembleia Legislativa, no valor de R$ 5.012.954,23 (cinco milhões, doze mil, novecentos e cinquenta e quatro reais e vinte e três centavos), a expectativa na Casa é de que até sexta-feira sejam regularizados aos pagamentos a fornecedores como também o salário de dezembro dos servidores do Legislativo.

Departamento de Comunicação
Assembleia Legislativa do Estado do Amapá
(96) 3212-8311

Coluna Argumentos, sábado e domingo

Anticlima

O clima ficou pesado entre a Assembleia Legislativa e o Governo do Estado depois que os deputados decidiram entrar mais à fundo nessa questão da arrecadação estadual. Os parlamentares de oposição dozem que a proposta orçamentária enviada pelo governador subestimou a capacidade de arrecadação da máquina estatal. Bastou para a crise.

Fogo trocado

A defesa do Governo do Estado foi feita inicialmente pelo secretário do Planejamento do GEA, Juliano Del Castillo, que usou um velho argumento dos tempos de Capiberibe pai no Setentrião, jogar a opinião pública contra os deputados. Para o GEA, aumentar o repasse aos poderes inviabilizará eventual reajuste ao funcionalismo.

Na Justiça

Para fechar a semana, depois da briga pelo repasse do último duodécimo ao Legislativo e das votações de derrubada de vetos, de reajuste do orçamento, ainda teve uma “prorrogação” ontem, com uma sessão extraordinária à tarde. Os deputados derrubaram o veto do setentrião ao reajuste de policiais civis. Tempo fechou.


Conectado

O ano está fechando com inúmeros avanços para a Assembleia Legislativa, isso é um fato. O presidente da Casa, deputado Moisés Souza (PSC) elegeu como ferramenta para criar facilidades no acesso do cidadão às informações a informática. Desde um moderno sistema eletrônico de votações até uma simples conta no microblog Twitter, vale de tudo para a interatividade com o eleitor.

Saia justa

A verdade precisa ser dita. Os apagões elétricos que o Amapá está vivendo não são culpa da Companhia de Eletricidade do Amapá, a nossa CEA. Geração é papel da Eletronorte. Esta, por sua vez, não tem culpa de não chover na Amazônia muitos meses por ano. Mas algo precisa ser pensado pelos técnicos do setor devido ao forçado romantismo do Natal à luz de velas.

Que azar

O presidente da CEA, José Ramalho, tem tentado dar respostas às inúmeras reclamações da sociedade pelos desligamentos elétricos. Ontem ele foi à TV Amapá dar uma entrevista e teve a falta de sorte de ver sua aparição na telinha ser interrompida várias vezes. Por falta de energia elétrica no bairro da emissora... Restou apenas um sorriso amarelo. E nem se despediu.

No rádio

Os deputados federais, senadores, além de parlamentares estaduais e vereadores estão convidados para a edição especial de Natal do nosso programa de rádio, o Conexão Brasília, deste sábado. O programa terá horário dilatado, das 8 às 11 horas e será a oportunidade para que os políticos, autoridades e empreendedores possam prestar contas do ano que termina e se confraternizar, claro.

Um caos

Gente, olhei atentamente algumas lojas estes dias e não vi um lugar que pensasse na falta de paciência dos maridos em acompanhar as compras das esposas. Então sobrou estresse e falta de tolerância ao fato de eles gastarem muito mais tempo escolhendo os presentes e os ingredientes da ceia de Natal. Quer saber? Não tem jeito amigo, faz parte da festa. Feliz Natal!

Mensagem de Boas Festas do Senador José Sarney

Feliz Natal e Bons Anos!



sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Parceria entre LBV e Sarney garante 13 toneladas de alimentos para famílias carentes

                             Texto e fotos: Cleber Barbosa
O frei Jamilson e a representante da LBV Kássia Bernarde em Santana
O frei capuchinho Jamilson de Carvalho Dias, da Paróquia São Pio de Pietrelcina, bairro da Fonte Nova, em Santana, recebeu na manhã desta quinta-feira (22) donativos arrecadados pela Legião da Boa Vontade, a LBV, a partir de uma parceria com o senador José Sarney (PMDB-AP), que é o presidente do Senado Federal. Ao todo, são mais de 13 toneladas de alimentos doados a famílias carentes não apenas de Santana, mas para outras regiões do Amapá.
A cerimônia de entrega das cestas de alimentos ocorreu no Salão Paroquial e reuniu milhares de pessoas, como a dona de casa Madalena Marques Mira, 53, que foi acompanhada do filho até o local de entrega. “Pedi que ele viesse me ajudar a carregar a cesta que é muito pesada", disse a moradora, que reforçou: “Veio em muito boa hora, na antevéspera do Natal”. Cada cesta pesa 17 quilos, reunindo alimentos não perecíveis como arroz, feijão, macarrão, óleo e outros gêneros da cesta básica do brasileiro.
Representando Sarney, os assessores Paulo Nova, Paulo Guerra e R. Santos

A LBV foi representada por Kássia Bernarde, que atua na filial Goiânia da entidade. Ela explicou que as cestas de donativos fazem parte da campanha Natal Permanente da LBV, que visa oferecer um Natal mais feliz, digno e sem fome a milhares de pessoas em situação de vulnerabilidade social. “Para cumprir com esse compromisso a LBV conta com o apoio de colaboradores e voluntários, bem como de artistas, esportistas e personalidades da mídia”, disse a representante.
Salão Paroquial no bairro Fonte Nova ficou lotado de famílias carentes

O senador José Sarney (PMDB-AP) era esperado para o evento, mas teve de cancelar a vinda ao Amapá devido a compromissos em Brasília. Ele foi representado no evento pelo ex-deputado federal Paulo Guerra, que também já foi seu suplente no Senado. Além dele, estiveram presentes o secretário particular de Sarney, Paulo Nova da Costa e o líder comunitário conhecido como Chapéu de Couro. Além da paróquia do frei Jamilson, foram beneficiados ainda a Casa da Hispitalidade e famílias carentes de outras comunidades, como moradores das margens da Rodovia Perimetral Norte.
A entrega de donativos chegou em boa hora, diz dona de casa

Coluna Argumentos, sexta-feira, 23.12.11


Avanços

O senador José Sarney (PMDB-AP) fez um balanço das atividades do Senado Federal durante o ano de 2011. Foi em pronunciamento na sessão de ontem, quando resumiu os avanços do Congresso Nacional com a seguinte frase: “Deixamos de ser a Casa dos discursos, para nos tornar abertos à interação com a sociedade”, disse Sarney.

Na orla

A secretária estadual do Turismo, Helena Colares, está radiante com a reinauguração, hoje, do Trapiche Eliezer Levy, um dos cartões postais de Macapá. A programação inclui a volta do bondinho, que empresta um charme especial ao lugar. Com direito a bandas, brincadeiras e até Papai Noel, a festa começa às 16 horas e promete entrar pela noite.

Isso é sério

O recém inaugurado canteiro central da avenida Tancredo Neves veio com muitas faixas de pedestres, o que está causando sérios problemas e acidentes de trânsito. Problema é que agora os carros precisam parar em mais pontos, uns próximos demais dos ou-tros. EMTU e Detran precisam sentar à mesa, claro.
 
Pelo social
Quando era presidente da República, o hoje senador José Sarney (PMDB-AP), adotou o slogan “Tudo pelo social” em seu governo. Muita gente ainda o aborda lembrando do programa do leite, inclusive. Já nos dias atuais ele continua apoiando ações de cunho filantrópico, como a parceria com a Legião da Boa Vontade (LBV) que ontem entregou 13 toneladas de alimentos a famílias carentes. Assessores dele na foto.

Saia justa
Apagão do apagão, pode? Explico. O negócio é que a Eletronorte havia anunciado aquilo que todo cidadão já percebeu, ou seja, estão racionando energia elétrica. A desculpa é o baixo nível do reservatório de Paredão. Aí o Governo do Estado anunciou que compraria energia a óleo diesel, as famosas termelétricas. Mas na hora da festa uma pane adiou a inauguração.

“Remake”
Um filme velho está sendo relançado no Amapá, com novos personagens. Trata-se de uma briga entre Governo e Assembleia Legislativa pela divisão do bolo orçamentário. Os deputados estaduais muniram-se de projeções de órgãos federais para aferir as previsões de arrecadação do próximo ano e assim ajustar a lei orçamentária. Governo discorda e promete ir à justiça.

Na Justiça


Por falar em justiça, ela acabou decidindo outra briga orçamentária entre AL e GEA, mas com relação ao orçamento deste ano. Após impetrar mandado de segurança para garantir o repasse duodecimal de dezembro na íntegra, os deputados estaduais conseguiram que o desembargador Gilberto Pinheiro, em sentença, determinasse o bloqueio do valor devido pelo Governo.

Servidor
Mas em meio a todo esse burburinho entre os Poderes, existem categorias funcionais comemorando os ajustes promovidos pelo Legislativo. Saúde, educação e segurança pública ganharam aumentos significativos em seus orçamentos para o próximo ano. Até o reajuste dos policiais civis está garantido por meio de uma emenda orçamentária direcionada à Secretaria de Administração.

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Artigo do Bispo Diocesano de Macapá















Obrigado comunicadores e comunicadoras

Aproveito a ocasião do Natal e de final de ano para agradecer a todos os comunicadores e comunicadoras, que de tantas formas divulgam as matérias que me esforço para escrever toda semana. Agradeço a quem publica a matéria no seu jornal, quem a lê num programa de rádio ou televisão, e também a todos os que a tornam pública através da internet em sites, blogs e outros meios que hoje a tecnologia da comunicação nos oferece.
Não tenho nenhuma pretensão que as minhas simples considerações – e, às vezes, historinhas – sejam como a semente do Evangelho, mas vale a comparação da parábola do semeador: a semente cai e, quando encontra terra boa, produz fruto. Não é necessário que as pessoas gostem ou concordem com tudo, quero apenas ajudar a pensar e a refletir. Já é um grande resultado!
Todos entendemos, também, que a comunicação cumpre um grande serviço quando não funciona como os passarinhos, as pedras ou os espinhos da mesma parábola, que tornam a semente inoperante, mas deixa a Palavra chegar. Sermos “canais” da Palavra da Vida e da Verdade é uma grande missão e responsabilidade. Depois, o Espírito Santo e a boa vontade das pessoas fazem o resto.
Muito obrigado por mais um ano de colaboração. Espero, no próximo ano, poder contar mais ainda com a sua preciosa disponibilidade. Feliz Natal e um Ano Novo de Paz para todos vocês, comunicadores e comunicadores, e também para as suas famílias.    

            
Dom Pedro José Conti
Bispo de Macapá 

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Eletronorte e CEA prometem cessar racionamento antes do Natal

Rodízio dos cortes de carga de 30 minutos deve ocorrer entre 14h às 23h.

O último final de semana foi marcado por desligamento não programado de energia elétrica. O rodízio dos cortes de carga em vários bairros de Macapá e Santana se deu por causa do baixo nível do rio Araguary – o que diminuiu a capacidade de geração de energia da Usina Hidrelétrica de Coaracy Nunes, explicou o gerente regional da Eletronorte, Marcos Drago. 

Ele informou que não tem como prever os desligamentos por causa da oscilação do nível do rio, que é acompanhado diariamente. Quando o nível diminui, a Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA) é informada imediatamente sobre a necessidade dos cortes onde é verificado o aumento no consumo de energia elétrica. Segundo Marcos Drago, os cortes de energia duram até 30 minutos, geralmente entre 14h e 23h.

Esses desligamentos não programados devem ser solucionados definitivamente na sexta-feira (23), quando já estará funcionando a Usina Termelétrica contratada pela CEA para gerar 47 MW suficientes para manter o sistema estadual. Essa reserva de energia deve complementar a capacidade de geração da Usina de Coaracy Nunes, que atualmente está operando com apenas 36 MW – menos da metade da potência que é de 78 MW. 

A Usina Termelétrica, gerenciada pela multinacional Aggreko Energia, foi contratada em agosto deste ano, para evitar racionamento de energia por causa da redução na geração de energia na Hidrelétrica de Coaracy Nunes. A nova Usina está instalada na área da Unidade Termelétrica da Eletronorte, em Santana. A inauguração está prevista para quinta-feira (22), mas o processo de operação iniciou ontem (19) com testes de pouca carga.

A ampliação da geração de energia foi pleiteada e autorizada junto ao Ministério das Minas e Energia, conforme previsto na Lei nº 12.111, da geração adicional de energia. A empresa Aggreko foi vencedora, com menor proposta de preço, da chamada pública de Pregão Eletrônico, realizada pela CEA, com participação de cinco empresas cadastradas e aptas a concorrer. O contrato no valor total de R$ 53 milhões tem duração de 22 meses, a contar da data de funcionamento, podendo ser prorrogado por mais 12 meses.
 
 (Maiara Pires/aGazeta, com informações da Ascom/CEA)

Senador João Capiberibe visita o Bailique

O senador João Alberto Capiberibe visitou neste domingo, 18, o arquipélago do Bailique. Foi a primeira viagem que Capiberibe realizou ao interior do Estado desde que tomou posse como senador, em novembro deste ano. A comitiva, que também contou com a presença da Deputada Federal Janete Capiberibe, percorreu as comunidades do Franquinho e Vila Progresso.
Na comunidade do Franquinho, Capiberibe foi recebido por lideranças comunitárias de diversas localidades do arquipélago do Bailique, que durante reunião com o senador e a deputada, expuseram a situação das comunidades.
Capiberibe destacou que, apesar de assumir seu mandato há menos de um mês, já está trabalhando para viabilizar melhorias para todos os moradores e comunidades do distrito. O senador também explicou as limitações orçamentárias no início deste mandato, principalmente sua impossibilidade em destinar recursos de emendas.
Durante a reunião também foi solicitado ao senador que interceda junto ao Ministério da Educação para que seja implantado no Bailique o projeto “A caminho da escola”. O programa garante recursos para aquisição de embarcações novas de transporte escolar. O senador, junto com a Deputada Janete, se comprometeu em providenciar o levantamento técnico e viabilizar a inserção do distrito no programa.
Outro ponto de destaque foi o compromisso de Capiberibe em retomar programas e projetos sustentáveis que impulsionem novamente a economia local. Capiberibe também expôs as grandes transformações implementadas em sua gestão que estimularam o desenvolvimento sustentável da região. A fábrica de beneficiamento de mel e polpa de açaí, o Hotel Escola Bosque e o sistema de distribuição de água foram alguns dos principais benefícios que a comunidade recebeu.
-Reivindicações
Dentre as principais reivindicações da população, está a volta do fornecimento de energia elétrica 24 horas. O senador adiantou que esteve em contato com o presidente da Companhia de Eletricidade do Amapá, para tratar sobre o assunto. Capiberibe lembrou ainda, que durante sua gestão como governador, foi o responsável pela implantação do fornecimento de energia 24 horas em todo o distrito.
Para Paulo Rocha, líder comunitário do Bailique, a presença do senador é a confirmação do seu compromisso com as comunidades do arquipélago. “Sempre ele vem ao Bailique para acompanhar nossa situação de perto. Sabemos que podemos realmente confiar no trabalho dele”.
Já para Benedito Mota, a visita de Capiberibe no Bailique é a certeza que os problemas estão com os dias contados. “Conhecemos o senador há muitos anos, e quando ele vem aqui e diz que vai resolver, sabemos que nossas reivindicações serão atendidas”.
Ainda na comunidade do Franquinho, Capiberibe participou do Encontro da Associação Paroquial, que reuniu centenas de católicos dos municípios de Cutias, Itaubal do Piririm e dos distritos de São Joaquim do Pacuí e Bailique. Bastante assediado, Capiberibe cumprimentou os presentes, tirou fotografias e conversou com os moradores.
-Hotel Escola Bosque
Capiberibe também esteve no Hotel Escola Bosque, na Vila Progresso, localizada na região sul do Bailique. Junto com a Deputada Janete, visitou as instalações do Hotel e os módulos da escola Bosque.
Inaugurada em 1998, ainda no primeiro mandato de Capiberibe como governador, a Escola Bosque tornou-se referência. Além de ministrar o ciclo completo da educação, do pré-escolar ao segundo grau, a instituição incorporava os ensinamentos da filosofia sócio ambiental, focada no desenvolvimento sustentável da região.
Já o Hotel Bosque, que foi projetado para atender a demanda do turismo na região, em especial o turismo ecológico, está completamente abandonado. O hotel foi inspirado no conceito de uma arquitetura regional, capaz de oferecer conforto e sintonia, entre a floresta e seus habitantes, gerar empregos e atrair estudantes de toda a Amazônia para receber formação técnica em turismo ecológico.
Segundo Capiberibe, o hotel transformou-se “em um símbolo do abandono, um monumento à irresponsabilidade pública e à impunidade”. O desafio de Capiberibe é atuar em parceria com o governo do Amapá para reerguer o hotel, e redirecionar a escola bosque a sua filosofia inicial.
O senador estuda a melhor possibilidade para executar as medidas necessárias. Para Capiberibe, existem meios como a criação de uma fundação ou instituto que mantenha o Hotel Escola Bosque. A contratação de uma OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público) também é uma alternativa viável para manter o complexo funcionado.
Capiberibe classificou como positiva sua visita ao município. Para ele, o contato com os moradores do arquipélago é necessário, e deve ser constante, principalmente para atender as demandas da população que já sofre pelas dificuldades impostas pela geografia da região.
-Viagens ao interior
Após retornar do Bailique, o senador João Alberto Capiberibe informou que realizará visitas aos municípios do Amapá, para levantamento das demandas e agradecimento aos votos recebidos nas últimas eleições.
Assessoria de Imprensa
do Senador João Alberto Capiberibe

Ministra Gleisi Hoffmann agradece empenho do Senado em 2011

A ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, disse nesta terça-feira (20) que o governo está acompanhando a possibilidade de greve nos aeroportos a partir da próxima sexta-feira (23), em razão de anúncios feitos pelos sindicatos de aeroviários.
Conforme Gleisi Hoffmann, as empresas estão elaborando um plano de ação para evitar os transtornos de uma possível greve. De todo modo, o governo ainda acredita em um acordo entre as companhias e os trabalhadores.
A ministra falou à imprensa, depois de encontro com o presidente do Senado, José Sarney. Segundo a ministra, foi uma visita de cortesia, para "agradecer o empenho do Senado Federal no ano de 2011".
Gleisi Hoffmann, senadora pelo PT do Paraná, pediu licença do cargo em junho para assumir a Casa Civil, no lugar de Antonio Palocci.

Tércio Ribas Torres / Agência Senado

Coluna Argumentos, quarta-feira, 21.11.2011

Favas contadas
O PDT vai anunciar hoje se terá candidatura majoritária nas eleições municipais de Macapá e apresentará quem será o pré-candidato. O anúncio ocorre durante a convenção esta-dual e municipal do partido quando Waldez Góes será reconduzido à presidência Regional e Roberto Góes à presidência municipal do PDT, com tendência de ser o indicado da legenda.

Prorrogação
O presidente da Assembleia Legislativa (AL), deputado Moisés Souza (PSC) disse ontem que ainda não arrisca uma data para o encerramento das atividades no Legislativo este ano. Sabe-se que a última matéria a ser apreciada é mesmo a Lei Orçamentária, mas paira no ar uma nuvem de discordância entre os Poderes, o que pode atrasar o processo.

Era hora
Depois de virar proposta de campanha, a regionalização da mereda escolar ganha o reforço legal com um projeto de autoria do deputado Agnaldo Balieiro (PSB), que tramita na AL. O Programa de Regionalização da Merenda Escolar visa estimular o aumento da produção hortifrutigranjeira, florestal e extrativista.

Inovação
O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP) anunciou ontem, durante a reunião da Comissão Diretora, que lançará em maio o portal “e-Cidadania”, destinado a fomentar a maior participação da sociedade no processo legislativo e na discussão dos temas em debate no Parlamento. “O Senado mais uma vez assume posição de ponta em tecnologia, interação com a sociedade e transparência no processo legislativo”, disse ele.

Confraternização
Os ouvintes do programa Conexão Brasília, da Rádio Diário FM (90,9) ganharão uma edição especial de Natal neste sábado. Integrantes da bancada federal, da Assembleia Legislativa, Câmara Municipal, dirigentes de órgãos públicos e empreendedores locais são convidados a participar do jornalístico que se propõe a olhar para trás e refletir sobre o ano que acaba.

Exposição
Arquivos de imagens do Ministério Público Estadual contam os 20 anos de história da instituição, reunindo também material pessoal de Membros do chamado Parquet. Tudo isso está reunido na Exposição de 20 anos do MP-AP, que está na área interna da Fortaleza de São José de Macapá desde ontem. Uma imagem vale mais que mil palavras, dia o adágio popular.

No Jari
O senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) foi a Laranjal do Jari, no sul do Amapá, terceiro maior município do Estado, onde recebeu o título de Cidadão Jarilense, entregue pela Câmara de Vereadores. Randolfe teve encontros com lideranças populares, autoridades públicas e com a prefeita Euricélia Cardoso e “prestou contas de seu mandato”, segundo informa sua assessoria.

Na padaria
Clientes de uma panificadora do bairro de Santa Rita tomaram um susto daqueles pela manhã ao depararem-se com policiais civis transitando armados e com coletes a prova de bala pelo recinto. Na verdade a guarnição parecia largar um plantão e parou lá para fazer uma boquinha. - Pensei que era uma operação! Disse uma cliente. E a outra - Mas passa até mais segurança para nós!

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Mensagem de Natal do deputado Bala Rocha (PDT-AP)

Clique na imagem para ampliá-la

Deputada Dalva Figueiredo trata de verbas para Macapá

 
A coordenadora da Bancada, deputada federal Dalva Figueiredo (PT), reuniu nesta segunda (19) com o prefeito de Macapá, Roberto Góes (PDT) para obter informações sobre a execução de emendas parlamentar indicadas para a capital. Trata-se de R$ 400 mil para reforma e ampliação da Unidade Básica de Saúde – UBS do bairro Cidade Nova e R$ 6 milhões para equipamentos do Hospital Metropolitano. Roberto assegurou que as obras na UBS iniciam ainda este mês, e que na próxima (22) haverá solenidade que marcará o reinicio das obras no Metropolitano.

Agenda do presidente do Senado Federal

Terça-feira – 20/12/2011

10:30 - Recebe o Doutor Ulisses Träsel, Presidente da OAB - AP - Sala de Audiências

11:00 - Reunião da Mesa Diretora - Sala de Audiências

12:00 - Homenagem dos funcionários terceirizados do Senado Federal - Sala de Audiências

15:30 - Recebe a Ministra Gleisi Hoffmann, da Casa Civil - Sala de Audiências

16:00 - Ordem do Dia - Plenário

Coluna Argumentos, terça-feira, 20.12.11

Conterrâneo

Em artigo para homenagear seu conterrâneo, o senador José Sarney (PMDB-AP) escreveu sobre Joãosinho Trinta: “Gonçalves Dias, o grande poeta do Maranhão, na Canção do Exílio, dizia que “nossa terra tem palmeiras onde canta o sabiá”. Mas temos também nossos Joãos que cantam sem sabiá. Agora desaparece mais um deles, Joãosinho Trinta, o carnavalesco”.

Aprovado

Com direito a galerias tomadas por turismólogos, guias, operadores e empreendedores do turismo, além da própria secretária de Estado do Turismo, Helena Collares, todos foram à Assembleia Legislativa ontem acompanhar a votação - e aprovação - da Lei Estadual do Turismo, aprovada por unanimidade. O que se espera agora é mobilização e ação.

Reforços

Ainda na área do turismo, duas importantes ferramentas farão um “up-grade” ao setor. Trata-se do Trapiche Eliezer Levy, que terá a volta do seu bondinho e a inauguração da Cidade do Samba, que tem tudo para ter atividade o ano inteiro e não apenas nas quadras momescas. Então que tudo se aproveite.


Política de estado 

A história conta que estados brasileiros que apostaram no turismo se deram bem, como ocorreu com a Bahia e, mais recentemente, o Ceará. Toda a mobilização ontem no prédio da AL para a aprovação da Lei Estadual do Turismo pode representar a entrada do Amapá no seleto grupo dos destinos turísticos importantes do País. Turistas estrangeiros e do próprio Brasil precisam nos descobrir, é isso.

Péssima notícia

Se você faz planos para viajar de avião neste Natal, saiba que empresas aéreas e trabalhadores do setor de aviação não chegaram a um acordo sobre o reajuste salarial em audiência de conciliação realizada ontem (19) no Tribunal Superior do Trabalho (TST), em Brasília. Diante do impasse, os trabalhadores decidiram manter a greve convocada para quinta-feira.

Gênero na política

A diretora executiva da ONU Mulheres, Michelle Bachelet, ex-presidente do Chile, reuniu-se com as bancadas femininas da Câmara e do Senado, ontem, para tratar de políticas de gênero para a América Latina. Bachelet defendeu a aprovação de uma política capaz de aumentar o percentual feminino no parlamento. A deputada Fátima Pelaes (PMDB-AP) participou.

Recursos

A coordenadora da Bancada Federal, deputada Dalva Figueiredo (PT), reuniu ontem com o prefeito de Macapá, Roberto Góes (PDT), para obter informações sobre a execução de emendas parlamentar indicadas para a Capital. Trata-se de R$ 400 mil para reforma e ampliação da Unidade Básica de Saúde Cidade Nova e R$ 6 milhões para equipamentos do Hospital Metropolitano.

De novo?

Rola na internet um vídeo em que o programa CQC, da Band, cobre um concurso para a escolha da Miss Bumbum, em São Paulo. O mais interessante é que a repórter escalada para saber mais coisas sobre as candidatas entrevista uma suposta representante do Amapá, mas que sequer soube responder sobre o nome da Capital do Estado. Cascata pura ou caso pensado?

José Sarney como você nunca viu

O fotógrafo oficial do presidente Lula, Ricardo Stuckert, fez um ensaio fotográfico do presidente do Senado, José Sarney, onde ele aparece mais descontraído, sem ternos e com seus cachorros.

As imagens foram feitas para o blog “Sarney – O Presidente da Democracia“, lançado mês passado.

O senador foi fotografado em sua biblioteca e nos jardins de sua residência, em Brasília. Na foto ao lado, Sarney aparece com um dos filhotes de labradores criado por ele.

O blog é mais uma estratégia de Sarney em passar informações reais dos fatos envolvendo seu nome, já que a chamada “mídia nacional”, na maioria das vezes, aumenta e distorce as notícias quando o tema é o político maranhense.

Na página, Sarney dá dica de livros, exibe fotos com personalidades como Luiz Gonzaga, João do Vale, Gilberto Gil, além dos escritores Gabriel García Márquez, José Saramago, e até o Papa João Paulo II.

Dalva é homenageada por vereadores de Mazagão

Imagem
Durante sessão solene, a última do ano, a Câmara de Vereadores fez balanço das atividades legislativas e prestou diversas homenagens

Na noite da última quinta-feira (15), os vereadores do município de Mazagão organizaram sessão solene para encerrar o ano legislativo e conceder títulos em reconhecimento aos que contribuíram com o desenvolvimento do município. A Coordenadora da Bancada, deputada federal Dalva Figueiredo (PT) recebeu título de Cidadã Mazaganense.

O presidente da Câmara, vereador Luiz Antônio comemorou ainda a inauguração das novas instalações da instituição. “Finalmente temos um lugar mais digno para desenvolver nossos trabalhos e receber a população. Não inauguramos antes por falta de dinheiro”, argumentou. O vereador fez ainda balanço das dificuldades políticas enfrentadas ao longo da gestão. “Dizem que quando a eleição acaba os palanques são desarmados, mas infelizmente não é bem assim, e quem sofre com isso é a população”, disse.

O comandante da Polícia Militar na cidade, coronel Silva Ribeiro, também homenageado durante a sessão, destacou as dificuldades e avanços da segurança pública. “A cidade cresceu e junto com o desenvolvimento chegam os problemas. Não podemos garantir segurança para todos sem a participação da família e sem efetiva ação comunitária”, enfatizou.

Autor do requerimento que prestou homenagem à parlamentar, vereador Carlos Alberto, destacou a relação de Dalva com o Mazagão. “No final dos anos 80, a deputada trabalhou como diretora da Escola Estadual Murilo Braga e depois atuou como secretária municipal de educação. Desde então mantém contato permanente com a nossa comunidade, e, portanto, merece nosso respeito e carinho”, disse.

O Ex-prefeito da cidade, José Odair destacou a obra de pavimentação asfáltica realizada no município, quando Dalva assumiu governo em 2002. “O asfalto que naquela época chegou às margens do Rio Anauerapucu trouxe mais dignidade para o nosso povo. Não é por menos que Dalva foi a parlamentar que mais recebeu votos nas últimas eleições. Sinal de reconhecimento pelo seu trabalho”, relembrou.

Dalva Figueiredo disse que estava muito orgulhosa pelo título. “Estou em uma semana difícil. Acabo de perder minha mãe, mas estou aqui também para homenageá-la porque era uma mulher guerreira”, iniciou. A parlamentar apresentou relatório detalhado das emendas destinadas ao município, com alguns destaques: R$ 500 mil para a construção do Campus da Universidade Federal - UNIFAP e R$ 1 milhão para o complexo esportivo Videirão.

“ A política só vale a pena quando alcançamos os resultados que modificam a vida das pessoas. Temos entraves para executar nossas emendas por razões que fogem a nossa vontade, mas devemos insistir e fazer esforços para trazer os recursos e justificar o apoio que recebemos da comunidade. Tenho profundo respeito e carinho pela força do povo de Mazagão e por tudo que representa para a nossa cultura. Por isso, estou tão honrada”, finalizou.


ASCOM/ dep. Dalva Figueiredo
Site: www.dalvafigueredo.com.br